Comissão de Títulos e Câmbio do Chipre planeja sistema de pagamento eletrônico baseado no Blockchain

A Comissão de Títulos e Câmbio do Chipre (CySEC) anunciou sua intenção de integrar o Blockchain ou a tecnologia de livro-razão distribuído (DLT) em seu sistema de pagamento eletrônico.

O regulador financeiro assinou uma parceria com a Blockchain Technology for Algorithmic Regulatory and Compliance Association (BARAC) para desenvolver e introduzir o mecanismo de tecnologia Blockchain.

Em seu comunicado à imprensa, o parceiro da CySEC BARAC anunciou os vários benefícios do DLT para o setor financeiro, como aumentar a eficiência, aumentar a segurança e eliminar as duplicidades nas transações.

"As tecnologias do Livro-Razão Distribuído Blockchain (DLT) são de grande interesse para o setor financeiro porque eles têm o potencial de melhorar a eficiência, aumentar a segurança, eliminar as duplicidades, simplificar a conformidade e aumentar a velocidade de liquidação, transparência e verificabilidade, preservando a privacidade e o anonimato".

Suporte da CySEC ao Blockchain e oferta inicial de moedas

A CySEC está promovendo projetos agressivos para explorar outros benefícios potenciais do Blockchain. O regulador também participa de vários projetos internacionais de pesquisa sobre a tecnologia como membro da Autoridade Europeia de Títulos e Mercados (ESMA).

Além disso, a CysSEC também expressou suas opiniões positivas sobre o Blockchain e ofertas iniciais de meodas (ICO). Em sua declaração, a diretora do regulador, Demetra Kalogirou, disse que as ICOs são um meio para gerar fundos pequenos para financiar start-ups e eles se concentrarão nelas em 2018.

"Nós pensamos que é um produto, uma maneira de criar fundos pequenos para financiar start-ups. . . . 2018 é a hora de colocar o financiamento coletivo no lugar. Damos prioridade a isso".

O futuro do Chipre como um hub ICO e Blockchain

Com o lançamento da tecnologia DLT para o sistema de pagamento eletrônico da CySEC, espera-se que os consumidores colham vários benefícios, como transações mais rápidas, tarifas reduzidas e melhor transparência dos pagamentos.

O sucesso dos vários projetos DLT no Chipre também deverá tornar o país um local atraente para as empresas de tecnologia financeira (fintech), bem como um centro de ICO no futuro próximo.