Cripto mercados flutuam depois de rápida recuperação, mas a queda ainda é insignificante

Depois de atingir mínimos mensais em 18 de março e ver um rebote significativo em 19 de março, os mercados de criptomoedas desaceleraram o rápido crescimento e continuam flutuando em torno dos níveis de ontem.

O Bitcoin (BTC) viu um aumento de 4.04 porcento durante um período de 24 horas, sendo negociado a $8.849 no momento, de acordo com o Coinmarketcap.

O Ethereum (ETH), que caiu 19.85 porcento nos últimos 7 dias, também experimentou um pequeno aumento de 1.30 porcento nas últimas 24 horas, sendo negociado a US$553,10 no momento.

O Litecoin (LTC) aumentou 5.12% em um período de 24 horas com um valor atual de negociação de US$167,42

Os restantes top-10 altcoins listados no Coinmarketcap ainda estão no verde com o IOTA e o EOS aumentando em 10.98 e 13.15% em um Período de 24 horas, negociando a US$1,45 e US$6,15, respectivamente.

A capitalização de mercado total está em quase US$342 bilhões, depois de atingir US$275 bilhões em 18 de março.

A flutuação nos mercados provavelmente se deve à incerteza em torno dos procedimentos do G20 em Buenos Aires, onde os reguladores internacionais considerarão questões relacionadas com as criptomoedas. Os mercados já viram um aumento significativo ontem após o Banco de Inglaterra (BoE) Mark Carney fazer comentários positivos para membros do G20 que a criptomoeda representa “nenhum risco” para a estabilidade da economia global.

De acordo com as últimas notícias do Financial Stability Board, um órgão regulador formado pelo G20 em 2009, espera-se que as criptomoedas sejam consideradas ativos em vez de moedas. A ideia é semelhante à perspectiva recente de Carney sobre a criptomoeda, argumentando que o Bitcoin “fracassou” como moeda e deve ser considerado um ativo.