Empresa de criptomoedas, Nexo, paga US$ 2,4 Milhões em dividendos de tokens a seus investidores

A empresa de empréstimo de criptomoedas Nexo pagou a seus detentores de tokens um total de US$ 2.409.574,87 em dividendos. A Nexo teria atingido um rendimento de dividendos anualizado de 12,73%.

A Nexo anunciou a conclusão de seus pagamentos de dividendos em um comunicado de imprensa em 16 de agosto.

De acordo com o comunicado, a Nexo tem uma base de usuários de mais de 250 mil. Além disso, o rendimento de dividendos da Nexo é supostamente mais alto do que todas as ações pagas com dividendos listadas no índice de mercado S & P 500.

A Nexo aparentemente paga seu dividendo total em duas partes - 50% vem do Nexo Base Dividend e os outros 50% do Nexo Loyalty Dividend. A Nexo afirma que seu modelo é projetado para recompensar a confiança do investidor a longo prazo e diminuir a volatilidade do mercado após os pagamentos de dividendos.

O Nexo MasterCard

Como notado no comunicado à imprensa, a Nexo divulgou um cartão de crédito da marca MasterCard para criptomoedas em 2 de agosto. Em seu anúncio, a Nexo afirmou que seu cartão Nexo foi o primeiro no mundo a permitir que os usuários paguem em criptomoeda sem precisar vendê-las para 'carregar' um cartão. Nexo declarou:

“Ao usar o Cartão Nexo para comprar bens e serviços, você realmente paga usando sua linha de crédito rotativo flexível Nexo que é apoiada com suas propriedades de criptomoedas e, portanto, não vende nenhuma delas, o que lhe dá a liberdade de gastar hoje e vender as suas participações sempre que quiser, no futuro, pagar o empréstimo. ”

Pagamento de dividendos através do tZERO

No início desta semana, a tZERO, subsidiária baseada em blockchain da varejista Overstock, anunciou a abertura dos tokens de segurança de ações preferenciais da empresa para investidores não-credenciados.

Isso permite que detentores de tokens não credenciados ganhem dinheiro através de dividendos da empresa. Pelo anúncio, a tZERO disse que poderia distribuir um dividendo trimestral de 10% da receita bruta ajustada da empresa.

Além disso, a empresa disse que estava considerando distribuir dividendos em mais do que apenas o dólar dos Estados Unidos, com Bitcoin ( BTC ), Ether (ETH ) e outros tokens de segurança sendo possíveis formas de pagamento.