Cripto especialistas predizem otimismo para 2018: O Bitcoin vai à $50 mil, o total de capitalização de mercado à $1 trilhão

Após alguns dias voláteis nos mercados de criptomoedas esta semana, com o Bitcoin (BTC) mergulhando abaixo dos $7.000 pela primeira vez desde novembro, vários especialistas em criptomoedas previram uma corrida de otimismo. Especialistas disseram a CNBC hoje, 7 de fevereiro, que o limite total de mercado de todas as criptomoedas poderia chegar a $1 trilhão e que o próprio BTC poderia atingir $50 mil até o final deste ano.

Jamie Burke, CEO da Outlier Ventures, a primeira incubadora baseada em Blockchain da Europa, disse à CNBC que a corrida de otimismo prevista será seguida por uma consolidação geral do mercado:

"Acreditamos que, depois de fevereiro, o mercado provavelmente entrará em uma corrida de otimismo, talvez maior do que a do ano passado, potencialmente atingindo a marca dos trilhões de dólares antes de um cripto inverno apropriado no qual o mercado se concentrará mais em fundamentos do mercado."

Thomas Glucksmann, chefe de negócios da APAC na Gatecoin, vê a regulamentação, a introdução do capital institucional e os avanços tecnológicos como a Lightning Network como os principais fatores no aumento dos preços das criptomoedas. Ele contou CNBC por e-mail:

"Não há razão para não podermos ver o bitcoin empurrando-se aos $50,000 até dezembro."

Em abril de 2017, quando o BTC atingiu uma alta de $1,300, a Glucksmann comentou sobre a conexão entre o salto de preço e a revisão da proposta de ETF Bitcoin da Winklevoss twins US Securities and Exchange Commission (SEC).

Uma audiência em conjunto entre a SEC e a The Commodity Futures Trading Commission (CFTC) realizadas ontem, 6 de fevereiro, sobre os seus papéis na esfera das criptomoedas, pode ter ajudado a fazer com que o mercado obtivesse substancial recuperação hoje, 7 de fevereiro.

A Glucksmann também escreveu que um possível elemento no crescimento do mercado para o futuro poderia ser o lançamento de uma ETF baseada em criptomoedas, semelhante ao preço do BTC de $16.800 em dezembro de 2017 após o lançamento do futuro do CBOE:

"Um possível aperitivo para os otimistas, ou o catalisador para a recuperação, será o lançamento de outro instrumento apoiado em criptomoedas listado em uma grande casa de câmbio. Existem vários candidatos na preparação, é apenas uma questão de tempo até que tenhamos uma ETF com base em criptomoedas (fundo negociado em bolsa)."

Os tokens de utilidade como o IOTA, o NEO e o Ethereum também são alguns para se assistir nos próximos meses, disse à CNBC o CEO da Hercules Tech Mick Sherman:

"Os tokens e ativos de utilidade com uma plataforma de trabalho e uma razão clara para exigir tanto uma Blockchain quanto seu próprio token, são mais propensos a valorizar este ano. Alguns desses cripto-papéis não serão usados por anos, o que significa que eles não têm valor de utilidade."

Ran Neuner, apresentador do programa CryptoTrader da CNBC, grampeou seu tweet de 1 de fevereiro que predisse que o Bitcoin chegaria aos $50 mil até o fim de 2018:

Para registro, estou grampeando esse tweet. O Bitcoin terminará 2018 em $50 000.