Repressão sobre o Bitcoin no Reino Unido sobre lavagem de dinheiro e evasão fiscal

O Tesouro do Reino Unido anunciou planos para regulamentar fortemente a transferência de criptomoedas  com vista a reprimir a lavagem de dinheiro e a evasão fiscal. Os regulamentos não foram estipulados com especificidade, mas certamente incluirão leis antilavagemdde dinheiro (AML) e conheça seu cliente (KYC).

O regulamento destina-se a vigorar antes do final de 2017, ou apenas no início de 2018. O aumento dos regulamentos, de acordo com as diretrizes da UE, tem como objetivo limitar a anonimidade possível para os comerciantes de criptomoeda. De acordo com John Mann, um dos membros do comitê do Tesouro:

"Essas novas formas de câmbio estão se expandindo rapidamente e temos que garantir que não nos deixem para trás - isso é particularmente importante em termos de lavagem de dinheiro, terrorismo ou simples roubo. Não estou convencido de que as autoridades reguladoras estejam se mantendo atualizadas. Eu ficaria surpreso se o comitê não tiver um inquérito no próximo ano. Seria oportuno ter uma visão adequada do que isso significa. Pode ser que desejemos acelerar o uso desse tipo de coisa neste país, mas isso torna ainda mais importante que não tenhamos um atraso regulatório".

Outras regulamentações

Outras regulamentações foram ameaçados em todo o mundo, à medida que o preço do Bitcoin subiu. Com a adoção explodindo e o influxo maciço de capital institucional através de futuros e outros contratos, o Bitcoin está se tornando muito mais uma realidade financeira que nunca. A China, a Rússia e outros países deixaram claro que a moeda digital ficará fora de limites, enquanto outros países como a Suíça e Malta estão aparentemente muito mais abertos.