Algorítmo de consenso Tendermint levanta US$ 9 mi em rodada de investimentos Série A

O algotítmo de consenso em blockchain e protocolo de rede peer-to-peer (P2P) Tendermint levantou US$ 9 milhões em uma rodada de investimentos Série A, de acordo com post oficial no blog publicado em 14 de março.

A Tendermint levantou US$ 9 milhões em uma rodada de investimentos Série A liderada pela empresa de investimentos em criptomoedas Paradigm, com contribuição da Bain Capital e da 1confirmation, entre outros investidores.

Parte dos fundos seria destinado ao futuro desenvolvimento da Cosmos Network e seu ecossistema. A empresa também tem planos de investir os fundos na formação de sua equipe e na criação de um modelo de negócios sustentável.

O fechamento desta rodada chega depois do lançamento da mainet Cosmos Hub — chamada de “The Internet of Blockchains,” desenvolvida pela Tendermint — em 13 de março. Os desenvolvedores acreditam que a Cosmos pode contribuir para resover a escalabilidade da blockchain e problemas de interoperabilidade.

Salil Deshpande, da Bain Capital, teria dito que "enxergamos um futuro em que múltiplas blockchains servem casos com uso específicos —  armazenamento de valor, privacidade, plataforma de propósitos gerais para contratos inteligentes, e muitas outras. Nesse futuro, soluções de interoperabilidade oferecem uma alquimia crucial que pode levar a uma explosão de aplicações em blockchain, assim como impulsionar o uso das cadeias existentes”.

A Cosmos Hub ainda passará por mais duas fases, já que o recente lançamento teria sido o primeiro de uma série de desenvolvimentos de cadeias proof-of-stake liderada pela Tendermint.

A Tendermint supostamente apóia a exchange digital descentralizada da grande exchange cripto Binance. O CEO da Binance Changpeng Zhao teria dito que a Binance Chain é baseada no protocolo Tendermint e roda em um algorítmo de consenso Delegated-Proof-of-Stake (DPoS).