Commerzbank testa pagamentos blockchain de máquina para máquina com a Daimler

O banco de Frankfurt e empresa de serviços financeiros Commerzbank testou pagamentos baseados em blockchain de máquina para máquina em caminhões produzidos pela empresa por trás da marca de automóveis Mercedes-Benz, a Daimler.

Pagamentos automáticos e sem intervenção humana

De acordo com um comunicado de imprensa do Commerzbank publicado em 8 de agosto, o banco testou a troca e a liquidação de pagamentos entre um ponto de carregamento eletrônico e um sistema de caminhões da Daimler sem qualquer intervenção humana.

Para permitir a transação, o banco supostamente tokenizou o euro na blockchain usado no teste e forneceu os fundos à montadora para processar os pagamentos.

Por uma cadeia de suprimentos mais eficiente

O objetivo do sistema é permitir que a próxima geração de máquinas opere com um maior grau de autonomia. O membro do conselho divisional de transações bancárias do Commerzbank, Stephan Müller, explica que permitir que as máquinas executem pagamentos mútuos é o próximo passo lógico para aumentar a eficiência da cadeia de suprimentos. Ele disse:

“Após ter digitalizado completamente as transações de títulos em projetos piloto anteriores, o foco agora está mudando para estruturas de pagamento baseadas em DLT. [...] Como banco, vemos nosso mandato de criar novas arquiteturas de pagamento digital para nossos clientes.”

De acordo com a Owler, a receita anual do Commerzbank é de US$ 10,2 bilhões e a da Daimler é de US$ 186,9 bilhões.

Como o Cointelegraph reportou em julho, em notícias aparentemente relacionadas, a Daimer se associou à startup europeia de soluções de interface blockchain Riddle & Code para fornecer uma solução de carteira de hardware aberto para carros.