Opções de Bitcoin da CME estreiam com US$ 2,3 milhões negociados; preço do BTC atinge alta de 2 meses

As opções de futuros de Bitcoin (BTC) do CME Group viu volumes acima de US$ 2,3 milhões no primeiro dia de negociação pública do produto, a empresa confirmou.

Os dados do site do CME confirmou o lançamento bem-sucedido em 13 de janeiro, que começou como programado e, finalmente, viu 55 contratos mudarem de mãos.

Investidores adotam produtos de opções de BTC

Cada contrato corresponde a 5 BTC, o que significa que, a preços atuais, os 55 contratos são avaliados em US$ 2,34 milhões.

Os mercados de Bitcoin se recuperaram no dia do lançamento, subindo mais de 5% e atingindo alta de US$ 8.550. Esses níveis não eram vistos desde meados de novembro.

Como o Cointelegraph publicou, o entusiasmo era notável mesmo antes da estréia das opções na semana passada, com o Bitcoin já registrando recuperação antes da segunda-feira. A CME, juntamente com a concorrente Bakkt, relataram aumento do interesse em futuros durante esse período.

Na segunda-feira, os contratos futuros da Bakkt entregaram volume total de 2.907 contratos no valor de US$ 19,94 milhões. No entanto, com uma queda de 10% com relação à sessão anterior. Ao mesmo tempo, os juros em aberto aumentaram 7%, para US$ 9,58 milhões.

FTX teve disparada de volume

Nos últimos sete dias, de fato, houve dois lançamentos de opções, sendo a outra da FTX, que começou a ser negociada dias antes da CME.

De acordo com dados da empresa, a FTX registrou volume de 3.618 BTC (US$ 30,8 milhões) para suas opções nas últimas 24 horas - muito mais altos do que os números de outras concorrentes. Tanto Bakkt quanto CME não responderam aos pedidos do Cointelegraph por comentários.