Cisco desenvolve um sistema de comunicação confidencial via Blockchain e pede patente

A Cisco , líder mundial em TI e redes, está desenvolvendo um método de comunicação de grupo confidencial baseado na tecnologia Blockchain, de acordo com um pedido de patente lançado pela "US Patent and Trademark Office" (USPTO) em 29 de Março.

Na aplicação, a empresa descreve a maneira pela qual o Blockchain pode garantir um sistema de mensagens em grupo mais confidencial e seguro, compartilhamento de arquivos e rastreamento do histórico de assinaturas. A tecnologia da patente pretende abordar desafios comuns enfrentados por grupos de mensagens "ad hoc":

“Como a participação em grupo é estabelecida, comunicada, atualizada e protegida contra adulteração não autorizada, se caracterizam problemas comuns para os quais não existe uma construção que possa ser eficaz no contexto de um grupo dinâmico, descentralizado e auto-organizado.”


“O método permite ad hoc e definição de grupos descentralizados, atualizações dinâmicas e descentralizadas de membros , compartilhamento aberto, resistência a adulterações e rastreamento do histórico de assinaturas”.

O método sugere o estabelecimento de uma rede segura usando chaves criptografadas. Somente pessoas autorizados poderão participar de um bate-papo em grupo com base na rede descentralizada mencionada anteriormente.

O bloco genesi, que "define o conjunto inicial de membros do grupo", é gerado pelo primeiro participante. Todas as ações do bate papo, incluindo adicionar e excluir membros da conversa, serão registradas nos blocos subseqüentes. Outras possíveis aplicações desta tecnologia sugerem não apenas mensagens de texto, mas também compartilhamento de arquivos e até mesmo streaming de mídia:

"Em resumo, o que é apresentado aqui, é um método para obter autorização em comunicações confidenciais em grupo em termos de uma lista ordenada de blocos de dados que representam uma conta cronológica resistente a violações de atualizações de membros de grupos ... Existem muitas aplicações dessas técnicas. Um desses aplicativos está habilitando a criptografia "end-to-end" de mensagens instantâneas, compartilhamento de arquivos e "streaming". Isso é útil no desenvolvimento de um protocolo ou aplicativo projetado para permitir comunicações confidenciais em grupo. "

Arquivado em dezembro de 2017, o documento é uma continuação de um aplicativo anterior , onde a Cisco propôs a aplicação do Blockchain para rastrear dispositivos da "Internet of Things" (IoT).

A publicação de um pedido de patente pode conceder ao requerente certos direitos provisórios sobre a tecnologia nele contida. Quando uma patente é concedida, o requerente pode receber royalties razoáveis por atividades infratoras que ocorrem desde a data de publicação do pedido até a data de emissão da mesma.