Circle dobra o mínimo de negociação de Bitcoin para US $ 500 mil à medida que o CEO diz que volumes aumentarão

A plataforma de negociação over-the-counter (OTC) Circle, empresa de serviços financeiros apoiada pelo Goldman Sachs, dobrou seu valor mínimo de trade de Bitcoin para US $ 500.000 em meio ao que chama de "mercado robusto",  informou a Business Insider na segunda-feira, 23 de abril.

Em comentários à Business Insider, o CEO do Circle, Jeremy Allaire, disse que o movimento impede uma reviravolta nos mercados de cripto, que registraram queda nos volumes no primeiro trimestre deste ano, quando os preços dos ativos de Bitcoin e altcoin caíram.

"O tamanho mínimo do bilhete subiu para US $ 500.000, com uma média de US $ 1 milhão", disse ele à publicação, observando que a plataforma OTC Circle Trade lida com transações acima de US $ 100 milhões, acrescentando que “o nível da água continuará aumentando".

A Circle fez um retorno conspícuo à indústria de cripto este ano, mais diretamente em sua aquisição da grande casa de câmbio de cripto Poloniex, em fevereiro.

No futuro, os proponentes da negociação OTC veem vantagens em oferecer aos investidores em larga escala um método para interagir com o atacado de Bitcoin, uma opção que as casas de câmbio tradicionais com menos liquidez não podem igualar.

"Se eu tiver US $ 5 milhões, não posso fazer isso na GDAX", adicionou uma fonte do setor que não quis se identificar à Business Insider.

Na semana passada, a Cointelegraph informou sobre rumores de que a maior empresa de investimentos do Brasil estava se preparando para lançar sua própria bolsa OTC.

Atingindo US $9.000 em 21 de abril e flutuando em torno dessa marca desde então, o Bitcoin continua a gerar um novo otimismo sobre os preços que atingirão novos patamares em um futuro próximo, com previsões recentes de executivos da indústria chegando a US $ 250.000 por moeda.