Condado chinês estabelece empresa Blockchain para desenvolver indústria florestal

Um município da província de Sichuan, no norte da China, assinou um contrato de cooperação estratégica para estabelecer uma nova empresa de blockchain, em um esforço para desenvolver a indústria florestal, informou o canal de notícias local China Net em 24 de agosto.

O Distrito Autônomo de Beichuan Qiang da Província de Sichuan e o Grupo Sinfotek de Pequim estabeleceram conjuntamente uma nova empresa, Hangzhou Yi Shu Blockchain Technology Co., Ltd para “desenvolvimento econômico florestal e alívio da pobreza industrial”. As partes assinaram o contrato de cooperação em Hangzhou, Província de Zhejiang. , em 19 de agosto, relatórios China Net.

A empresa recém-criada é declaradamente uma das 19 empresas blockchain a ter passado o primeiro lote de 700 declarações de projetos no Hangzhou Blockchain Industrial Park. A empresa pretende aplicar a tecnologia blockchain às indústrias agrícola e agropecuária. O relatório afirma:

“[A estratégia da empresa] estará estreitamente integrada à estratégia de desenvolvimento nacional e [promoverá] completamente a aplicação da tecnologia blockchain para realizar o desenvolvimento paralelo do valor da empresa e da indústria florestal.”

No início deste mês, o Partido Comunista da China (PCC) lançou um livro sobre a tecnologia blockchain e suas possíveis aplicações, como relatou a Cointelegraph em 13 de agosto.

Na semana passada, um dos maiores grupos de seguradoras do mundo, a Ping An Insurance, da China, divulgou um "White Paper on Smart Cities", defendendo o desenvolvimento da tecnologia blockchain e "promovendo o desenvolvimento de uma cidade inteligente".