Entusiastas chineses do Bitcoin e investidores fogem do monitorado WeChat para o Telegram

Devido ao alto nível de monitoramento estatal e ao policiamento de indivíduos, os entusiastas do Bitcoin se desviaram do WeChat na China, pois é o aplicativo de mensagens dominante do país que é aprovado pelo governo.

Outras plataformas de mensagens criptografadas, como o Telegram, viram um aumento nos usuários de Bitcoin criando grupos que se multiplicaram rapidamente.

Pessoalmente imputável

A China reprimiu primeiramente as ICOs, e recentemente, os rumores de fechamento de casas de câmbio parecem estar pipocando, e também foram implementadas regras nos sites de mensagens como o WeChat.

Os administradores são pessoalmente imputáveis pelo que é dito nas mensagens e nos grupos que eles administram, assim, usuários das casas de câmbio OKCoinHuobi e BTCChina estão todos migrando de serviços que estejam ao alcance do governo chinês.

Houve grupos e usuários que surgiram no Telegram falando sobre uma série de questões relacionadas com o Bitcoin, de como transferir seus tokens digitais para o exterior para formas mais eficazes de proteger a privacidade, a ofertas de moedas iniciais.

Regras do WeChat

Essas regras que foram colocadas nos serviços de mensagens apresentaram um revés raro, já que a repressão à informação compartilhada convergiu com os regulamentos de aperto das moedas digitais.

"É parcialmente devido aos medos da supervisão do Bitcoin, mas acho que tem mais a ver com as novas regras sobre o WeChat", disse Jake Smith, gerente geral do Bitcoin.com, que gerencia um grupo em inglês de 500 pessoas no WeChat.

O WeChat deve aderir às leis governamentais chinesas que incluem a censura de tópicos, filtragem de imagens, exclusão de contas públicas e privadas sem o consentimento do usuário e armazenamento de informações enviadas por meio de suas plataformas por pelo menos seis meses em seus servidores.

"Se você é um líder de grupo de bate-papo, você tem duas opções, ou você vai monitorar o grupo de forma super ativa, porque seu sustento está em jogo ou você vai excluir o grupo", disse Lokman Tsui, professor assistente da Escola de Jornalismo e Comunicação da Universidade Chinesa de Hong Kong. "É um efeito arrepiante".

O porto seguro do Telegram

Os grupos de criptomoedas no WeChat foram rápidos em se dissolver, já que a posição difícil das moedas digitais na China continua a ganhar impulso.

Embora não haja números sobre quantas pessoas o fizeram, pelo menos 30 desses grupos apareceram, alguns já atraindo mais de 1.000 usuários em uma única sala, principalmente falando chinês. Os grupos de Telegram da OKCoin, Huobi e BTCChina não são administrados oficialmente pelas empresas, de acordo com os avisos.