Negociantes ficam famosos como herois na China ao desafiar o banimento de casas de câmbio

Os investidores chineses estão desafiando o banimento de ICO e casas de câmbio até tal ponto que sua rebelião até apareceu nas notícias da grande imprensa.

Citando comerciantes e comentaristas na China continental e na fronteira, a Reuters observa que, apesar das "sensibilidades" sobre o tema, os detentores de criptomoedas estão buscando qualquer método razoável para continuar a negociar.

"Eles não podem definir regras para me impedir de investir no que eu quiser investir", disse um usuário chinês anônimo na sexta-feira.

"Eles dizem que você está me protegendo, mas, enquanto eu achar que isso é bom, eles não têm como intervir".

A proibição original da China sobre as ICOs e a iminente proibição do comércio de cripto-para-fiduciários prejudicaram seriamente o apetite do mercado pela expansão no início deste mês. Uma recuperação foi lenta para se materializar, com cada anúncio das autoridades do país servindo para anular o crescimento mais uma vez.

Como o renminbi teve uma queda de quase dois por cento nesta semana - a maior desde sua desvalorização de 2015 - crescem as suspeitas que a proibição do Bitcoin foi muito bem cronometrada.

Tal como se deu com a anterior proibição de câmbio na China em fevereiro, no entanto, os comerciantes parecem amplamente impertubáveis.

"Eu posso fazer transações sobre o balcão ou vou para o exterior... minha carteira é minha carteira. Nunca registrei meu cartão de identificação", continuou o investidor anônimo.

O mercado chinês da LocalBitcoins registrou seus maiores volumes históricos semanais de 115,1 milhões de yuans por sete dias até 23 de setembro.

Price

Volume semanal LocalBitcoins (yuan chinês)

Uma mudança de foco para o exterior por enquanto isso é algo que não é apenas usuários, mas os insiders da indústria preveem como cada vez mais comuns uma vez que o banimento total de permuta se manterá até o final de outubro.

O autor do guia de investimentos, Zeng Danhua, disse à imprensa local Yicai esta semana:

"A tendência das transações em moeda digital se deslocarem para o exterior é inevitável. Os reguladores podem ter precisado fechar as plataformas para se proteger contra riscos financeiros, e pode haver uma bolha de Bitcoin, mas seu valor de investimento persiste".


Siga-nos no Facebook