CEO da empresa de mídia blockchain Po.et vai para o Washington Post

O CEO da startup de mídia movida a blockchain Po.et, Jarrod Dicker, está deixando a empresa para retornar ao Washington Post, informou a própria agência de notícias norte-americana no dia 24 de janeiro.

Em sua segunda passagem pelo Washington Post, Dicker assumirá o papel de vice-presidente de tecnologia comercial e desenvolvimento da gigante de mídia. Ele trabalhou na empresa anteriormente como vice-presidente de inovação e estratégia comercial, gerenciando sua equipe de pesquisa, experimentação e desenvolvimento.

Como publicado anteriormente, a empresa de blockchain em que Dicker era CEO está tentando estabelecer um “protocolo descentralizado de propriedade de conteúdo, descoberta e monetização na mídia”.

Como o Washington Post relata, Dicker já liderou equipes de produto e tecnologia na RebelMouse, na Time Inc. e também no Huffington Post.

De acordo com um post oficial de Dicker no blog da Po.et publicado em 24 de janeiro, o chefe de produto da empresa, David Turner, assumirá o papel de CEO da startup.

Existem várias iniciativas que empregam a blockchain na mídia para garantir a validade da propriedade do conteúdo. Como a Cointelegraph informou recentemente, a fundação NEM assinou um memorando de entendimento na Argentina com um sindicato local de jornalistas para desenvolver uma solução baseada em blockchain para proteção de direitos autorais.

Em dezembro do ano passado, a plataforma blockchain de jornalismo Civil anunciou seu lançamento para fevereiro de 2019. A startup se concentra na construção de um novo ecossistema de mídia com seu token nativo CVL, que supostamente ajudará os participantes a alcançar a sustentabilidade financeira e melhorar a confiança no jornalismo.