“De jeito nenhum", diz CEO do Twitter Jack Dorsey sobre juntar-se ao Libra

Jack Dorsey, CEO do Twitter e Square, deixou bem claro que o Twitter nunca se juntará ao projeto Libra do Facebook.

"Nada no Libra tinha a ver com uma criptomoeda”

Em 24 de outubro, através de uma thread no Twitter do editor do Hollywood Reporter Alex Weprin, que estava cobrindo um evento no escritório do Twitter em Nova York, Jack Dorsey deixou bem claro que o Twitter ficará a um milhão de quilômetros de distância dos planos do Facebook de lançar sua libra stablecoin em 2020.

O CEO do Twitter deu uma resposta direta à pergunta sobre se o Twitter consideraria juntar-se ao projeto Libra do Facebook. Sua resposta foi curta, mas reveladora: "Hell, no", algo como "de forma nenhuma". Ele acrescentou:

"Nada no Libra precisava de uma criptomoeda para fazer o que eles queriam".

Em reação ao discurso do CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, na Universidade de Georgetown, Dorsey disse que muitos comentários de Zuckerberg pareciam basear-se na tradição americana. O discurso de Zuckerberg se concentrou na liberdade de expressão, censura e o papel que as plataformas tecnológicas devem desempenhar na democracia.

O discurso criticou a abordagem da China em relação ao desenvolvimento de tecnologia. Dorsey disse: "Receio que, se basearmos demais nesse conceito, retiramos a capacidade de experimentar e expandir", explicando:

"Não estamos apenas servindo o público americano, estamos servindo uma audiência global [...] A Internet é um tipo de estado-nação emergente".

Bitcoin é a melhor aposta

Dorsey já havia dito em setembro que não seguiria o exemplo do Libra do Facebook e não lançaria uma criptomoeda dedicada ao Twitter. Dorsey disse que prefere o uso de padrões abertos existentes, como o Bitcoin (BTC):

“Eu acho que [o Bitcoin] é a melhor aposta porque tem sido a mais resistente, existe há 10 anos, tem uma ótima marca e foi testada várias vezes. [...] Ao olhar para todas as criptomoedas que poderiam desempenhar esse papel de moeda nativa da Internet, [o Bitcoin] tem uma chance muito alta. ”