Banco Central da Rússia: ativos cripto não põem em risco a estabilidade financeira global

O Banco Central da Rússia divulgou um relatório em 30 de maio, afirmando que os ativos cripto atualmente não ameaçam a estabilidade financeira global, já que o volume global de transações cripto é muito baixo.

O estudo afirma que, em vez do termo “criptomoeda”, o Conselho de Estabilidade Financeira propõe usar o termo "ativo cripto", que pode ser considerado um ativo financeiro baseado na aplicação de cripto e tecnologia de contabilidade distribuída.

De acordo com o relatório, os ativos cripto não representam um risco para a estabilidade financeira global, porque atualmente o volume de transações de ativos de cripto é muito baixo em comparação com a escala do sistema financeiro global. A relação deste segmento com o sistema financeiro é insignificante, segundo o relatório.

O documento afirma que os ativos cripto poderiam representar um risco para a estabilidade financeira no caso de um maior crescimento do mercado, envolvimento em larga escala de investidores institucionais e de varejo, bancos e outros participantes do mercado. De acordo com o relatório do banco central, a alta volatilidade dos preços dos ativos cripto impede que eles sejam um padrão confiável de valor e meios de troca e armazenamento de valor.

Além disso, o documento descreve vários riscos associados ao investimento em ativos cripto, incluindo a falta de proteção dos direitos dos investidores, riscos no campo da prevenção da lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo, falta de liquidez do mercado, riscos operacionais e uso de alavancagem.

No início deste mês, a Duma russa aprovou a primeira leitura da nova legislação para regulamentar a indústria de cripto. As leis definem criptomoedas e tokens como propriedade e estabelecem especificações para interação com tecnologias relacionadas a cripto e blockchain.

Na semana passada, o banco russo Sberbank CIB e o National Settlement Depository anunciaram um programa piloto da primeira Oferta Inicial de Moedas (ICO) oficial do país. O chefe do Sberbank CIB, Igor Bulantsev, disse que o banco considera o mercado russo de ICO “altamente promissor”, enfatizando que muitos dos clientes do banco “estão interessados ​​nessa nova forma de captação de recursos”.