Catalunha considera criptomoeda após a independência aconselhada por criador do Ethereum

A pequena, mas economicamente vital Catalunha, região da Espanha declarou sua independência, mas Madrid promete manter a região como parte da Espanha. Enquanto os governos e os líderes de pensamento em todo o mundo se alinham de lados opostos, o futuro governo independente está buscando usar uma criptomoeda nacional e um sistema de residência baseado em Blockchain.

De acordo com um jornal local da Espanha, o diretor catalão do escritório digital (chamado SmartCatalonia) já visitou a Estônia em várias ocasiões para entender seus planos de residência digital. A Estônia apareceu nas notícia quando seu plano para uma moeda nacional foi severamente abatido pelo presidente do Banco Central Europeu.

Criptomoeda nacional

Enquanto o programa de residência Blockchain seria o primeiro de seu tipo na Europa, talvez a maior notícia seja que um governo catalão independente provavelmente não teria um banco central, escolhendo uma criptomoeda nacional em vez disso. Com a Rússia e o Cazaquistão já sugerindo uma criptomoeda nacional, o movimento não seria uma grande surpresa.

Além disso, o governo da Catalunha já recebeu a direção de Vitalik Buterin sobre tal plataforma. De acordo como a fonte:

"Este jovem canadense de origem russa aconselhou-os a criar uma ICO para a plataforma de residentes virtuais, com uma oferta inicial de moeda que corresponderia ao financiamento de um projeto de negócios para o programa de residentes virtuais. Em uma ICO, uma nova criptogmmoeda ... pode ser financiada no ecossistema e-Residency, algo que ajudaria a criar uma comunidade econômica que seja absolutamente independente e que fique longe do olhar regulatório de um banco central".


Siga-nos no Facebook