URGENTE: China pode cortar energia barata para mineiros de Bitcoin?

Aparentemente, a posição geral antiBitcoin do governo chinês continua, com relatos de que a energia hidrelétrica barata usada pelas maiores instalações de mineração de Bitcoin chinesas pode ser uma coisa do passado, de acordo com a mídia local.

A declaração sobre a cessação da eletricidade barata para mineração indica que a Sichuan Electric Power Company emitiu uma circular indicando que não fornecerá mais a energia necessária de suas estações hidrelétricas conectadas para à rede. A circular sugere que a mineração de Bitcoin é uma "operação ilegal". A circular ainda não foi confirmada.

Bitcoin usando o excedente e o governo ainda apertando

A declaração das empresas de energia não reflete o sentimento geral dos mineiros, de acordo com o artigo. Mineiros sentem que as operações de Bitcoin estão usando "água descartada" - água que é deixada sem produzir eletricidade, razão pela qual o preço tem sido notavelmente baixo.

No entanto, o corte de provisão é proveniente de ambos os lados, já que a província declarou uma política de "sem novas energias elétricas", além de adquirir todas as usinas de energia existentes. Segundo o artigo:

"Sichuan, por um lado, emitiu uma circular no nível da política, não exigindo novas pequenas estações hidrelétricas; [ao mesmo tempo], a empresa de energia está intensificando sua aquisição de pequenas estações hidrelétricas para promover a rede de energia deste último, [deixando] o espaço elétrico de baixo custo do Bitcoin cada vez mais apertado".

Tal mudança refletiria o sentimento generalizado do governo da China, já que as criptomoedas se encontraram cada vez mais com uma regulação cada vez mais constritora.

Embora a história ainda não esteja confirmada, os leitores interessados devem ficar atentos à Cointelegraph para atualizações contínuas.