Börse Stuttgart e Axel Springer preparam lançamento conjunto de ponto comercial cripto

A segunda maior bolsa de valores alemã Börse Stuttgart está fechando parceria com a publisher digital européia Axel Springer e sua subsidiária Finanzen.net para lançamento conjunto de um espaço de vendas baseado em blockchain.

A iniciativa foi anunciada em uma publicação da Finanzen.net —o segundo maior portal financeiro do país — de 27 de março, junto com um comunicado detalhado dos três parceiros, enviado ao Cointelegraph na mesma data.

A nova iniciativa vai combinar informações de investimento com um espaço de vendas em uma só plataforma. Para realizar o projeto, a Börse Stuttgart — que relatou um volume de negócios no valor se 1,72 trilhão de euros em 2018 — está pronta para se tornar acionista majoritária na empresa conjunta das três parceiras.

Juntas, Axel Springer e Finanzen.net — sendo que a segunda já teria uma longa relação de cooperação com a Börse Stuttgart — irão controlar 20% da nova empresa, que será baseada em Stuttgart e terá outro escritório em Berlim.

O comunicado cita os anos de experiência da Axel Springer na criação de modelos de negócios digitais sustentáveis como reforço principal da empresa na nova iniciativa.

O novo espaço comercial, - cujo nome ainda não foi revelado - estaria pronto para ser lançado na Alemanha no verão de 2019, e serviria tanto para varejistas quanto para investidores institucionais. A empresa conjunta enquanto isso aguarda aprovação dos comitês responsáveis e autoridades antitrust.

Em uma declaração, Alexander Höptner, diretor do board de gestão da exchange, disse que a nova plataforma tem objetivo de oferecer aos investidores "serviços abrangentes e integrados para ativos digitais - de informações detalhadas a negociação e custódia".

Como já noticiado, a Börse Stuttgart anunciou seus planos de lançar um aplicativo de negociação cripto sem taxas em maio do ano passado, chamado “Bison,” que foi ao ar em janeiro. Uma subsidiária da Börse fornece os serviços para a Bison usando um sistema de custódia, e uma parceria com um parceiro bancário externo suporta pagamentos em euros e fornece serviços de custódia fiduciária para o aplicativo.