Exchange sueca de propriedade da Boerse Stuttgart lista rastreamento de produtos negociados em bolsa XRP e LTC

Novos produtos negociados em bolsa (ETPs) que rastreiam o valor de XRP e Litecoin (LTC) estão agora disponíveis para negociação no mercado sueco Nordic Growth Market (NGM) da Boerse Stuttgart. A notícia foi revelada em um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph em 4 de abril.

A Boerse Stuttgart é a segunda maior bolsa de valores da Alemanha, registrando volumes de negociação de 71,2 bilhões de euros em 2018. Sua subsidiária integral, a NGM, é uma bolsa autorizada com operações na Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia.

Os produtos recém-listados estão disponíveis para investidores europeus e são emitidos pela XBT Provider, uma empresa de CoinShares que está domiciliada na Suécia e anteriormente trouxe os produtos de rastreamento Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) para a bolsa Nasdaq Stockholm em 2015 e 2017, respectivamente. Hoje ambos alegadamente negociam e compreendem mais de US$ 374 milhões de ativos investidos.

Assim como nos produtos anteriores da XBT, o certificado de rastreamento para cada um dos novos ETPs representa “um valor definido do ativo subjacente (LTC e XRP) e rastreia um índice composto de cada ativo. Quando um certificado é comprado na bolsa, ele é coberto com o ativo subjacente correspondente em 1 para 1”.

O comunicado de imprensa descreve que, com as novas listagens, qualquer investidor elegível da UE “cuja corretora ou plataforma de negociação eletrônica tenha acesso à bolsa NGM pode adicionar exposições passivas a LTC ou XRP a sua corretora, negociação ou, em alguns casos, contas com vantagens fiscais como uma conta ISK (Suécia) ou SIPP (Reino Unido).”

Ryan Radloff, CEO da CoinShares, empresa controladora da XBT Provider, disse que os novos produtos representam um avanço, já que “LTC e XRP agora, efetivamente, têm um número ISIN”.

Ele também observou que os investidores desconfiados de exchanges desreguladas podem agora negociar produtos de ativos digitais através de um sistema de corretagem tradicional.

Tommy Fransson, vice-presidente da NGM, emitiu uma declaração observando que:

“Os investidores [...] na Suécia demonstraram um forte apoio a ofertas anteriores de cripto. Como uma indústria, é importante para nós escutar, embora com cautela, as solicitações de nossos investidores e responder da mesma maneira.”

O comunicado de imprensa de hoje afirmou ainda que o Prospecto do XBT Provider é aprovado pela Autoridade Sueca de Supervisão Financeira e os novos Certificados são regidos pela lei sueca, mas observa que o XBT Provider não é um consultor financeiro licenciado.

Conforme relatado recentemente, a principal bolsa de valores da Suíça, a SIX, listou um ETP baseado em XRP em 2 de abril, emitido pela empresa de desenvolvimento de derivados cripto Amun.

O Cointelegraph observou em uma análise dedicada em dezembro que a lista europeia de ETPs cripto parece estar ganhando força mais rapidamente do que nos Estados Unidos, com a Suécia liderando a adoção através de suas listagens XBT Provider desde 2015.