Blockchain.info faz parceria com a Unocoin para entrar no mercado indiano

O desenvolvedor de software de moeda digital global Blockchain.info anunciou em setembro de 2017 que se associou à Unocoin na sua tentativa de entrar no mercado indiano. Esta poderia ser uma parceria valiosa, uma vez que a Unocoin está entre as maiores plataformas de moeda virtual na Índia.
De acordo com o cofundador e presidente da Blockchain Nicolas Cary, a Índia transformou-se efetivamente para se tornar um dos mercados de mais rápido crescimento para criptomoedas como Bitcoin no pós-desmonetização.

"No pós-desmonetização a Índia tornou-se a economia em crescimento mais rápido para testemunhar um aumento no uso de carteiras digitais nas transações diárias. Recentemente, aumentamos o financiamento da série B no início deste verão, com investidores, incluindo o Google Ventures e Richard Branson (fundador do Virgin Group), entre outros. Uma das coisas que queríamos fazer era usar algum desse capital para investir em um dos mercados mais excitantes do mundo. A Índia para nós apresenta uma oportunidade única para que possamos oferecer serviços financeiros digitais acessíveis a quantas pessoas for possível".

Breve Perfil dos Parceiros

A Unocoin é uma das maiores plataformas de moeda digital da Índia. A empresa processa transações avaliadas em mais de 600 milhões de Rúpias por mês. A Blockchain, entretanto, é uma das carteiras de criptomoeda mais populares em todo o mundo. A plataforma global da empresa possui mais de 16,5 milhões de usuários.

Estado do Mercado de Moedas Virtuais na Índia

Segundo Cary, um novo relatório afirmou que 2.500 índianos investem em Bitcoin todos os dias, tornando a Índia um concorrente a se tornar o maior mercado de câmbio digital do mundo. Ele também citou a criação de um órgão da indústria por empresas de tecnologia para colaborar com o ministério da economia do país.

"Ela [a parceria] é chamada de Digital Assets and Blockchain Foundation India. Ela está estabelecendo melhores práticas para proteção e regulamentação do consumidor em geral".