Blockchain ajudará a controlar a Indústria da Maconha nos EUA

As recentes medidas de votação em vários estados tornaram a maconha legal para diferentes usos, incluindo medicamentos. No entanto, os estados criaram sistemas de monitoramento complexos que exigem mão de obra extensa para gerenciar. Aí entra a tecnologia Blockchain.

A CyberCar, empresa de segurança de automóveis IoT (Internet das Coisas na sigça em inglês), com sede em Colorado, está colocando seus conhecimentos sobre a tecnologia Blockchain para ajudar a monitorar a indústria de maconha medicinal fornecendo soluções para rastrear e manter padrões em sistemas de entrega.

A empresa fez uma parceria com a WebJoint, uma empresa de software-como-serviço (SaaS na sigla em inglês), projetada para ajudar as empresas de maconha a acompanhar a verificação do paciente e controlar lojas e pontos de venda on-line.

Com o sistema de monitoramento Blockchain da CyberCar, o WebJoint agora poderá oferecer o rastreamento de ponta a ponta dos veículos e drivers de entrega automaticamente. O CEO Chris Dell'Olio disse:

"O relatório de conformidade sempre foi o maior obstáculo para a indústria de cannabis. Com a CyberCar incorporada em nossa solução, somos capazes de automatizar totalmente todos os requisitos de relatórios municipais e estaduais".

Bitcoin

Como relatamos recentemente, a Associação Multidisciplinar de Estudos Psicodélicos dos Estados Unidos começou a aceitar doações de Bitcoin, o que proporcionou um novo impulso para a criptomoeda vindo da indústria da maconha.

À medida que as empresas percebem o profundo poder do Blockchain, as soluções dentro de diferentes indústrias prometem continuar a proliferar.