Blockchain: Mudando da Internet da Informação para a Internet do Valor

Existe uma tendência crescente da implementação do Blockchain na indústria de rede social. Esse desdobramento está está mudando a maneira como o público aborda um ecossistema que antes já estava à mercê de alguns indivíduos em termos de segurança, comércio, funcionalidade e controle geral.

O significado das redes sociais para a vida cotidiana continua crescendo a cada dia que passa. Nas áreas de educação, política, comércio eletrônico e até mesmo relacionamentos, o ambiente social construído sobre o ciberespaço está provando continuamente sua relevância como ferramenta para uma comunicação efetiva entre indivíduos e grupos em diferentes partes do mundo.

O Blockchain pode rever as redes sociais

O surgimento da tecnologia Blockchain traz uma revolução para esta indústria, que já é visível nas áreas de maior confiabilidade e oportunidades de ganho. Derin Cag, fundador da Richtopia, diz:

"Com a ascensão da tecnologia Blockchain, as transações socioeconômicas estão melhorando e tornando-se mais democráticas à medida que mudamos da internet da informação para a Internet do valor".

De acordo com Cag, existem inúmeros benefícios de ter quadros de tecnologia Blockchain em plataformas de redes sociais.

  • Primeiramente, poderia ajudar a lidar com notícias falsas através do estabelecimento de um "sistema de classificação de crédito" baseado em recompensas para jornalistas e blogueiros, que poderiam ser incorporados a todos os sites.
  • Segundo, poderia melhorar a privacidade dos dados do usuário, fornecendo às pessoas uma opção de opt-in para compartilhar programas onde eles são automaticamente pagos em criptomoeda quando seus dados são vendidos a terceiros.
  • Em terceiro lugar, poderia melhorar a automação através do uso de contratos inteligentes onde o Blockchain poderia interagir com múltiplas plataformas simultaneamente em nome do usuário. Por exemplo, o Facebook poderia falar com o Twitter, que poderia falar com o Instagram, que poderia dialogar com o Reddit e assim por diante em um nível muito mais profundo do que disponível no momento deste artigo.
  • Finalmente, se a própria plataforma de redes sociais estiver baseada em livros-razão distribuídos, isso poderia ajudar a melhorar a segurança, porque, por exemplo, o Bitcoin é uma das únicas coisas valiosas on-line que nunca foi pirateada.

Um grande problema que existe no ecossistema de redes sociais e no ciberespaço, em geral, é a falta significativa de privacidade e compartilhamento indiscriminado de dados pessoais nas principais plataformas de redes sociais.

Tenha cuidado com o que você assina

Pode não ser particularmente preciso supor que essas plataformas utilizam os dados dos indivíduos sem sua permissão porque quase todas as plataformas possuem documentos de "Termos e Condições" que a maioria dos usuários aceita sem sequer ler uma única linha do documento geralmente extremamente longo.

Na maioria das vezes, as declarações ambíguas dentro desses documentos habilitam os proprietários e administradores da plataforma a exercer o nível de controle que vemos hoje. No entanto, este controle extensivo dos proprietários da plataforma centralizada não permite apenas a exposição indiscriminada dos usuários, mas também os exclui de todos os benefícios que possam ser obtidos com o uso de seus dados pessoais e identidade. Estes são alguns dos problemas que já estão sendo abordados pela implementação do Blockchain nas mídias sociais.

A previsão de cinco anos

Abhishek Bhandari, cofundador e vice-presidente da Bloomatch, diz à Cointelegraph que o Blockchain está revolucionando todas e cada uma das indústrias no momento. Ele observa que a principal atração de vários setores em relação ao Blockchain é o básico do Blockchain para manter dados em nós múltiplos e descentralizados.

"Eu suponho que, nos próximos cinco anos, a maioria das plataformas no espaço digital usará Blockchain".

Bhandari afirma que a mídia social tornou-se uma parte muito importante e indispensável da existência humana e a tecnologia Blockchain proporcionaria uma sensação de proteção e satisfação a todos os usuários. Ele explica que as atuais plataformas de redes sociais têm muitas desvantagens em termos de segurança de dados e crimes cibernéticos, problemas que ele tem certeza de que a tecnologia Blockchain acabará por solucionar de maneira efetiva

Tudo diz respeito à atenção

Dor Konforty, CEO da Synereo, elabora que o principal objetivo do marketing, conteúdo e recursos do Facebook, YouTube e a maioria das outras plataformas de mídia modernas é aumentar o número de horas que cada usuário se envolve com a plataforma, ao ponto em que pode disromper suas vidas, para que possam capturar e vender mais atenção, bem como informações sobre seu comportamento.

No entanto, Konforty explica que, sem uma entidade centralizada que beneficie disso, e com o valor gerado diretamente para os usuários através de interações intermediárias, as novas plataformas se adaptarão seus modelos de negócios para confiar em serviços agregados e não em práticas que já foram comprovadas para ser prejudicial à saúde de suas bases de usuários.

Konforty também observa a complexidade da monetização nas mídias sociais:

"A monetização é outro problema profundo; os criadores de conteúdo original estão em uma posição em que o método que eles escolheram para publicar suas criações define seu método de monetização, se existente. Enquanto o YouTube compartilha alguns dos seus ganhos com criadores, Facebook, Twitter e outros não fazem isso mesmo".

Em última análise, sem intermediários que moldam o discurso e estão no controle total do conteúdo disponível, todos voltados para suas linhas de fundo, o espaço de possíveis interações sociais e econômicas expandirá grandemente, beneficiando todos os envolvidos. Da mesma forma, sem grandes armazenamentos de dados imediatamente disponíveis para entidades centralizadas, os cenários distópicos, como a atribuição de pontuação aos cidadãos com base em sua atividade on-line e a adesão ao modo de vida obrigatório, podem ser evitados. Esta é a promessa do Blockchain.