CCO da BitPay prevê que altcoins "nunca mais voltarão" e Bitcoin terá um "rebote" em 2019

O CCO da Bitpay, processador global de pagamento por cripto, disse que as altcoins "nunca voltarão", enquanto o Bitcoin (BTC) "se recuperará" em 2019, em entrevista à Bloomberg em 12 de setembro.

O diretor comercial da BitPay Sonny Singh disse que os mercados de criptomoeda estão agora no limiar de um novo estágio de progresso, o que requer um certo "momento decisivo" ou um "catalisador". Segundo Singh, esse "momento decisivo" virá quando grandes investidores institucionais, como Goldman Sachs e BlackRock, “se tornam reais” em 2019.

“Mas no ano que vem você verá a conversa dos grandes participantes se tornar real, onde você verá que o Goldman lança uma mesa de operações, a Fidelity lança um produto Bitcoin, a Square oferece processamento de Bitcoin para os comerciantes, BlackRock lança um ETF ... Então tudo isso se tornará real, e você verá alguma adoção na verdade. E então [...] o preço voltará a subir novamente”.

No entanto, apesar de prever que o Bitcoin "vai se recuperar no próximo ano", Singh foi principalmente pessimista em altcoins. Singh disse que as altcoins "nunca voltarão" aos seus níveis anteriores, afirmando que empresas como Fidelity e Blackrock "não vão lançar produtos com altcoin, eles vão lançar produtos Bitcoin".

Falando especificamente sobre a BitPay, o CCO da empresa afirmou que eles “nunca foram tão otimistas” com Bitcoin, dizendo que a indústria está indo “a toda velocidade”, com um número crescente de parcerias e novas contratações.

A este respeito, a BitPay foi recentemente integrada pelo varejista de automóveis de luxo Post Oak Motor Cars para permitir que a concessionária dos EUA aceite a BTC e a Bitcoin Cash (BCH) como pagamento pela Rolls-Royce, Bentley e Bugatti.

Em relação aos novos “grandes entrantes” para a indústria, fontes anônimas revelaram hoje que a Morgan Stanley, gigante do setor bancário dos EUA, planeja oferecer aos clientes swap de comércio Bitcoin, o que lhes permitiria negociar derivativos cripto sem deter a criptomoeda.