BitMEX Ventures investe em exchange cripto licenciada pelo Banco Central das Filipinas

A BitMEX Ventures investiu em uma exchange cripto licenciada pelo banco central das Filipinas, anunciou a companhia em um comunicado compartilhado com o Cointelegraph em 3 de junho.

A nota informa que o apoio financeiro ajudará a Philippine Digital Asset Exchange (PDAX) a desenvolver um mercado de ativos digitais para além das criptomoedas — incluindo commodities tokenizadas, ações imobiliárias e títulos de dívida.

O cofundador e CEO da PDAX, Nichel Gaba, diz que uma infraestrutura limitada no país fez os consumidores enfrentar dificuldades para acessar produtos e serviços financeiros. Ele adicionou:

"Através de ativos digitais e blockchain, queremos igualar a arena de disputa, dando a cada filipino, de todas as esferas da sociedade, a capacidade de fazer crescer seu suado dinheirinho."

A PDAX diz que está trabalhando em estreita colaboração com os reguladores "para garantir a compra e venda segura de criptomoedas e outros ativos digitais com o melhor preço no mercado".

Arthur Hayes, cofundador e CEO da BitMEX, disse que sua exchange cripto vê uma grande quantidade de volume de negociação de consumidores nas Filipinas — acrescentando que ele estava confiante na capacidade da PDAX em fazer crescer a adoção de criptomoedas no país enquanto ajudava o público a aprender mais sobre ativos digitais.

Em abril, a empresa de serviços de pagamento Bitspark anunciou planos para lançar uma criptomoeda atrelada ao peso filipino.

Além disso, no início do ano, a Western Union fez uma parceria com a Coins.ph, sediada nas Filipinas, para permitir que os consumidores realizassem transferências de dinheiro transfronteiriças e recebessem fundos diretamente em suas carteiras eletrônicas.

No dia, a BitMEX registrou volumes de negociação de US$ 2,7 bilhões, segundo o CoinMarketCap.