Bitmain revela chip ASIC de última geração para ser integrado em novas máquinas Antminer

 

Bitcoin (BTC) gigante da mineração Bitmain revelou seu chip ASIC de última geração, que será usado em breve nas novas máquinas de cripto "Antminer", informou a Reuters em 21 de setembro.

Um chip ASIC (Application-Specific Integrated Circuit - Circuito Integrado de Aplicação Específica) é um pedaço de hardware de mineração feito sob medida voltado para a criptomoeda baseada em um algoritmo de hashing específico.

O CEO e co-fundador da Bitmain, Jihan Wu, anunciou o novo chip ASIC específico de criptomoeda BM1391 durante sua palestra na World Digital Mining Summit na Geórgia.

De acordo com Wu, a Bitmain começou agora a produzir em massa o chip e planeja integrá-lo em suas máquinas Antminer de última geração.

O novo chip ASIC de "aceleração" usa um algoritmo SHA256 e é baseado em uma tecnologia de fabricação de semicondutores altamente avançada, 7 nm (nanômetros) Finfet. Ele supostamente integra “mais de um bilhão de transistores”, usando uma estrutura de circuito especial e uma tecnologia de baixo consumo de energia para otimizar a eficiência. De acordo com o CEO Wu, testes mostraram que o chip “pode atingir uma proporção de consumo de energia para a capacidade de mineração que é tão baixa quanto 42J / T”.

Wu enfatizou que à medida que a indústria amadurece, “crescimento exponencial” no tráfego de blockchain significa que um poder de processamento cada vez maior será necessário para manter o ritmo. Ele previu que o desenvolvimento de tecnologia de computação de ponta também precisará ser integrado ao blockchain para enfrentar os desafios enfrentados pela indústria em expansão.

Ainda ontem, a fabricante de softwares de mineração Bitcoin, Bitfury Group, revelou seu próprio chip ASIC chamado Bitfury Clarke, que a empresa planeja integrar em uma variedade de hardware, incluindo seus servidores de mineração.

Em julho, a Cointelegraph informou que os criptomercados pessimistas impactaram negativamente a venda de chips ASIC, com uma queda de preço prevista de 20% naquele mês. Os fornecedores de placas gráficas afetadas, incluindo a Empresa de Fabricação de Semicondutores de Taiwan (TSMC), bem como seus parceiros de serviços de projeto de circuitos integrados (IC), como a Global Unichip.