Bitmain lançará plataforma para conectar mineradores e farms e anunciará as maiores fazendas de mineração do mundo

 

A Bitmain, maior fabricante mundial de equipamentos de mineração para Bitcoin, anunciou, segundo um comunicado enviado ao Cointelegraph em 26 de setembro, que pretende ajudar a conectar compradores de hardwares de mineração e farms para hospedar estes equipamentos.

Durante a Cúpula Mundial de Mineração Digital (WDMS) - que ocorrerá em Frankfurt nos dias 8 e 10 de outubro - a Bitmain lançará a primeira plataforma para conectar proprietários de hardware de mineração a proprietários de fazendas de mineração por meio do Mapa Mundial de Mineração Digital (WDMM).

Para manter a eficiência de preço, os proprietários de hardware de mineração procuram regularmente locais com as condições e os recursos de energia adequados para a mineração de Bitcoin e criptomoedas.

Segundo a empresa, o WDMM será o primeiro recurso global a conectá-los a fazendas de mineração que têm os recursos de energia disponíveis para hospedá-los mediante taxas administrativas.

“O WDMM ajudará a tornar a mineração de criptomoeda mais sustentável a longo prazo, conectando fazendas de mineração e proprietários de hardware de uma maneira totalmente nova. Faz parte do nosso compromisso de fornecer às mineradoras suporte contínuo durante toda a vida útil do hardware e apoiar o crescimento geral do setor ", disse Matthew Wang, diretor da Mining Farm da Bitmain.

Os proprietários de fazendas de mineração podem se inscrever para serem listados no WDMM durante o WDMS. Os candidatos precisarão fornecer detalhes sobre a configuração atual da fazenda de mineração e a capacidade de hospedar outros mineradores.

Em troca, segundo a empresa, os participantes receberão serviços personalizados da Bitmain, que incluem assistência no projeto da fazenda de mineração, conexões com clientes estrangeiros para hospedar e suporte nas operações, compras e construção.

"A utilização dos serviços de avaliação e suporte da Bitmain por meio do WDMM me ajudou a otimizar minhas instalações. A equipe deles sugeriu novas maneiras de aumentar a produção geral dos meus Antminers e reduzir o tempo de inatividade. Isso tornou mais barato construir minha fazenda de mineração e tornou as operações mais econômicas, gerando lucros gerais ”, acrescentou Dmitrii Ushakov, diretor comercial da Bitriver.

Durante o WDMS, a Bitmain também anunciará os vencedores das 10 principais fazendas de mineração do mundo.

Como noticiou o Cointelegraph, recentemente a Bitmain, anunciou dois novos mineradores S17. Os dois novos ASICs de mineração, o S17e e o T17e, foram lançados em 9 de setembro. A empresa afirma que os dois novos modelos apresentam melhorias, que devem se traduzir em maior eficiência, operação mais estável e maior longevidade.

A Bitmain também divulgou as especificações de ambas as máquinas de mineração recém-anunciadas. O S17e tem uma taxa de hash de 64 TH/s e opera com uma eficiência de energia de 45 J/TH, enquanto o T17e oferece uma taxa de hash de 53 TH/s, a uma eficiência de energia de 55 J/TH.

Tanto o S17e quanto o T17e apresentam um sistema de dissipação de calor de tubo duplo, que supostamente melhora a eficiência com que as máquinas podem dissipar o calor. Isso deve aumentar a longevidade do hardware e sua estabilidade.