Bitmain lança mineradores Ethash ASIC

O gigante chinês de tecnologia Bitmain anunciou que está lançando um minerador Ethash ASIC, de acordo com um tuite de 3 de abril.

No tweet, a Bitmain diz que o Antminer E3 é o “minerador EtHash ASIC mais potente e eficiente do mundo”. As unidades serão vendidas a varejo por US $ 800 cada e, de acordo com o tuite, não estão disponíveis na China, nem podem ser enviadas para Hong Kong, Macau ou Taiwan. As encomendas são limitadas a uma por pessoa. A Bitmain somente aceitará o Bitcoin Cash (BCH) e os dólares americanos como o pagamento neste primeiro lote de unidades.

 

Temos o prazer de anunciar o Antminer E3, o minerador EtHash ASIC mais potente e eficiente do mundo.
Limite de encomendas é um minerador por um usuário e não é disponível na China.
Estoque limitado, encomende aqui agora

Esta versão do novo hardware de mineração da Bitmain confirma os rumores circulando na comunidade de cripto de que a Bitmain iria desenvolver em breve um minerador Ethash ASIC. O Ethash é um algoritmo de hashing Prova de Trabalho (PoW) usado por Ethereum (ETH) e uma espécie de outros altcoins.

Como a Cointelegraph relatou ontem, algumas pessoas na comunidade Ethereum sugeriram a possibilidade de um hard fork no protocolo do ETH para invalidar o ETH ASIC's. O fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, diz que o protocolo já é resistente à centralização da mineração no Livro Branco do Ethereum:

“Primeiramente, os contratos do Ethereum podem incluir qualquer tipo de computação, então um Ethereum ASIC seria essencialmente um ASIC para computação geral, ou seja, uma CPU melhor ... [O algoritmo] permite que qualquer pessoa "envenene o bem", introduzindo um grande número de contratos no Blockchain especificamente projetado para bloquear certos ASIC's. ”

A Bitmain superou o fabricante da GPU dos EUA Nvidia em termos de lucros totais em 2017, ganhando cerca de US $ 3-4 bilhões e levando 70-80% do mercado de mineradores de Bitcoin (BTC) e ASIC's.