Bitmain anuncia nova série 17 de mineradores ASIC

O principal produtor de Circuitos Integrados de Aplicação Específica (ASIC) para mineração, a Bitmain, anunciou em seu blog, em 9 de outubro, duas novas séries de máquinas de mineração para Bitcoin (BTC).

Bitmain: maior eficiência e hashrate

O co-fundador da Bitmain, Jihan Wu, anunciou as máquinas de mineração S17 + e T17 + na World Digital Mining Summit (WDMS) em Frankfurt. Wu afirma que os novos ASICs apresentam melhorias na eficiência de energia e hashrate. A publicação afirma que o novo hardware é capaz de executar dezenas de trilhões de hashes por segundo (TH / s):

“O Antminer S17 + tem uma taxa de hash de 73 TH/s e opera com uma eficiência de energia de 40 J/TH + 10%, enquanto o T17 + oferece uma taxa de hash de 64 TH/s e uma eficiência de energia de 50 J/TH + 10 %.”

O anúncio também menciona a tecnologia de dissipação de calor de tubo duplo apresentada nas novas máquinas e afirma que, "o espaço entre a entrada de ar e a saída de ar foi reduzido em 50%", o que, por sua vez, melhora a dissipação de calor e o ruído do ventilador.

A introdução dos mineradores ASIC mudou a cara da mineração de criptomoedas, que antes dependia de unidades de processamento gráfico (GPUs) para resolver os quebra-cabeças criptográficos da mineração.

Os ASICs são criados de maneira personalizada para um algoritmo específico e podem superar em muito as GPUs mais poderosas para minerar criptomoedas, embora algumas criptomoedas sejam resistentes ao ASIC.

Uma rede global para mineradores

Em setembro, a Binance anunciou uma plataforma para conectar mineradoras globais de cripto com proprietários de fazendas. O World Digital Mining Map, que também está programado para ser lançado durante o WDMS, conectará os proprietários de hardware de mineração a fazendas de mineração, que fornecerão os recursos de energia disponíveis para hospedá-los mediante uma pequena taxa.