Bitmain anuncia novo minerador de Monero Antminer X3, desenvolvedores dizem que não "não vai funcionar

Atualização 18 de março: numa decisão confusa, a Bitmain atualizou mais uma vez sua página de vendas para lotes 3 e 4 do Antiminer X3, onde agora está escrito "Não há entrega para Hong Kong", enquanto somente ontem a descrição desses lotes dizia que será entregado "somente" para Hong Kong.

O recém-lançado Antminer X3 da Bitmain, projetado para explorar o algoritmo de hashing CryptoNight usado pelo Monero (XMR), pode não ser efetivo em seu primeiro lançamento em maio de 2018, de acordo com um artigo da The Next Web publicado ontem, 16 de março.

O novo Antminer, anunciado no Twitter da Bitmain em 15 de março, vem em duas faixas de preço: US $ 11.999 para a primeira rodada entregue em maio e US $ 7.599 para o segundo round, entregue em junho.

No entanto, um líder do projeto Monero, Riccardo Spagni, linkou o anúncio no Twitter da Bitmain em sua própria conta e afirmou que seu novo minerador "NÃO FUNCIONA]" para minerar Monero:

Apenas um lembrete de que isso NÃO VAI funcionar no Monero

A Bitmain também oferece dois lotes adicionais que serão enviados após os dois primeiros lotes, mas apenas para endereços em Hong Kong. Os dois novos lotes custam US $ 3.000 para envio após o lote 1 e US $ 1.900 para envio após o lote 2.

Aparentemente, após a resposta de Spagni, as páginas de vendas dos dois lotes do Antminer X3 vinculados para Hong Kong foram atualizadas para conter o seguinte aviso na descrição do produto:

"Uma grande criptomoeda que está usando a função de hash CryptoNight está prestes a mudar seu algotrim de PoW, e de acordo com sua declaração pública, é propositadamente testar as plataformas de mineração ASIC, incluindo o X3. Quando você o compra, você aposta que eles estão errados".

O aviso acrescenta que não será aceito nenhum pedido de reembolso.

Em fevereiro deste ano, em resposta a potenciais ameaças de novos tipos de mineração da ASIC que poderiam explorar o Monero, a criptomoeda centrada na privacidade escreveu em seu blog sobre sua "intenção de manter a resistência à ASIC ao reagir rapidamente a qualquer ameaça potencial de ASICs e considera modificar ligeiramente a PoW em cada hardfork":

"Acreditamos firmemente que é benéfico preservar nossa resistência à ASIC. Portanto, vamos realizar um hard fork de emergência para impedir qualquer ameaça potencial da ASIC, se necessário. Além disso, para manter seu objetivo de descentralização e para dissuadir o desenvolvimento da ASIC e para se proteger contra o desenvolvimento de ASIC desconhecido ou indetectável, a equipe do Monero propõe modificar a PoW da criptomoeda de Cryptonight a cada fork agendado, duas vezes ao ano".

A Next Web observa que o Antminer X3 é comercializado para mineração mais do que o Monero, pois também é compatível com Bytecoin, Aeon, Dash e várias outras, embora o site adicione a ressalva de que "ainda não há garantia de que este será o caso" em maio e junho.

Os usuários do Reddit rapidamente se ofenderam com o novo Antminer da Bitmain. O usuário KnifeofPi2 postou ontem, 16 de março, um trecho de um comunicado de imprensa satírico alegando que a Bitmain estava entrando no negócio de "segurador de porta":

"Quando perguntado por que um segurador de porta tinha a palavra 'minerador' em seu nome, Jihan Wu, CEO da Bitmain, afirmou que 'O Antminer X3 parece, funciona e soa como um minerador de criptomoeda. Ele ainda possui um aquecedor de 550 watts embutido que destroi um algoritmo obsoleto'".

Outro usuário do Reddit, hodlingvtv, tomou uma abordagem mais séria, escrevendo que "a Bitmain está atualmente executando uma grande fraude":

"tl,dr: Não compre o bitmain x3. Eles mineraram monero com asic e agora que isso não será mais possível, eles querem jogar suas máquinas na sua cabeça".

A Bitmain, normalmente sigilosa, apareceu nas manchetes no final de fevereiro, quando um relatório mostrou que a empresa de quatro anos havia obtido lucros entre US $ 3 e US $ 4 bilhões em 2017, enquanto a fabricante americana de unidade de processamento gráfico (GPU) Nvidia, fundada há 24 anos, faturou US $ 3 bilhões durante o mesmo período de tempo.