A jornada do Bitcoin rumo à aceitação pelo grande público já começou

Embora o Bitcoin tenha sido criado há oito anos, a moeda está apenas começando a atrair a atenção em grande escala. A moeda digital usa a tecnologia Blockchain para uma maneira mais segura e eficiente de transações on-line sem o uso de bancos ou cartões de crédito.

Em uma entrevista à PBS, Don Tapscott discute possíveis usos da tecnologia Blockchain. Tapscott é o coautor do livro intitulado "Revolução Blockchain: como a tecnologia por trás do Bitcoin está mudando o dinheiro, os negócios e o mundo". Veja a entrevista abaixo:

Pânditas e profissionais de investimento chamaram o Bitcoin de bolha, já que o preço subiu inacreditáveis 700% no ano passado. Enquanto muitos se perguntam se esse crescimento é sustentável, Tapscott explica que a tecnologia que gera o Bitcoin é tão transformadora que rende o debate sobre a questão.

Na verdade, com o rápido crescimento do Bitcoin, os dias dos banqueiros podem estar contados. As moedas digitais tiram os bancos do papel de intermediários, prestam serviços aos que não possuem contas bancárias e são mais seguras.

Desintermediação

O banco tradicional viu as taxas crescerem de forma constante ao longo dos anos, até o ponto em que representam cerca de 40% da renda média do banco, de acordo com a CNBC. A promessa da tecnologia Blockchain é simples: eliminar o intermediário (juntamente com suas taxas exorbitantes) e ajudar a garantir transações financeiras através de um sistema de livros-razão distribuídos. Isso resulta em transações totalmente descentralizadas com taxas relativamente baixas.

Ajudando os sem banco

Mais de 2 bilhões de pessoas atualmente não têm acesso aos bancos, e este número não mostra sinais de queda em breve. O Bitcoin está crescendo em popularidade nos países em desenvolvimento, onde serve como uma maneira melhor e sem bancos de de enviar remessas. Isto é especialmente verdadeiro em áreas remotas do mundo, onde os centros bancários são raros.

Melhor segurança e à prova de estornos

Mais de US$ 7 bilhões de taxas de estorno são assumidas por comerciantes a cada ano. O Bitcoin elimina a possibilidade de os consumidores apresentarem estornos fraudulentos, tornando-se uma opção de pagamento atraente para os comerciantes. Nos casos em que os estornos podem ser genuinamente garantidos, empresas como a Bitrated desenvolveram um sistema baseado em custódia que oferece aos compradores e vendedores recurso caso a outra parte não esteja à altura do lado da transação.

A tecnologia Blockchain também é segura, algo que muitos bancos (e agências de crédito!) não podem dizer. O Blockchain do Bitcoin é protegido com criptografia avançada que é matematicamente inquebrável. Embora seja possível que os comerciantes ou os processadores de pagamento possam ser hackeados, o Blockchain é seguro.

Quando a lua?

O Bitcoin é um produto tão radicalmente diferente que leva tempo para as pessoas realmente entenderem isso. A boa notícia é que, à medida que os compradores e os comerciantes começarem a experimentar gradualmente a moeda digital e a compreender a sua utilidade e vantagens, a adoção deve crescer rapidamente.


Siga-nos no Facebook