Preço do Bitcoin pode chegar a US$ 16.000 'em breve', diz CZ, CEO da Binance

Changpeng Zhao, CEO da exchange Binance, disse em um tweet enviado em 1º de novembro que o preço de US$ 16.000 por Bitcoin deve acontecer "em breve". Zhao explica que as previsões de preços são fáceis, mas é difícil acertar o timing. 

Ele disse:

“LOL, as previsões de preços são fáceis. É apenas difícil estar certo sobre o timing. Veremos US$ 16k em breve. 1,4 bilhão de pessoas trabalham nisso enquanto falamos. ”

A mensagem foi uma resposta ao tweet de outro usuário que apontou que a previsão de um usuário anônimo do 4chan prevendo errôneamente que o preço do Bitcoin chegaria a US$ 16.000 até o final de outubro. A previsão também afirmava que o BTC atingiria US$ 29.000 no primeiro trimestre do próximo ano, US$ 56.000 no terceiro trimestre de 2020 e US$ 87.000 no quarto trimestre de 2020.

Ao mesmo tempo, outras previsões são realmente menos modestas. John McAfee, por exemplo, dobrou recentemente sua aposta de US$ 1 milhão para o Bitcoin até 2020, argumentando que o próximo aumento de preços do Bitcoin será desencadeado por sua escassez.

Como o Cointelegraph noticiou, a rede Bitcoin já minerou 18 milhões de BTC até mês passado, o que significa que existem apenas 3 milhões de BTC ainda por minerar.

Binance DEX é a DEX com maior volume

Enquanto isso, ontem Zhao disse que a exchange de blockchain descentralizada (DEX) Binance Chain tem o maior volume entre as plataformas DEX. Ele disse:

“Já é a maior DEX do mundo por volume. Levará algum tempo para adoção.

Os dados mais recentes divulgados pela Binance há algumas semanas atrás revelam que a Binance Chain, a blockchain que alimenta a plataforma DEX em questão, na época atingiu mais de 26 milhões de transações enviadas por cerca de 290 mil endereços.

Como a Cointelegraph informou ontem, a DEX Dolomite, sem custódia, anunciou que, em 8 de novembro, adicionará uma margem de negociação com ordens de stop loss.