Bitcoin tem que chegar aos US$ 7.300 para evitar uma 'espremida' em uma Bollinger Band de baixa

O Bitcoin (BTC) caiu brevemente abaixo da marca de US$ 7.200 em 14 de dezembro, com o sentimento de baixa continuando a invadir os mercados de criptomoedas.

Cryptocurrency market daily overview

Visão geral diária do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

Bollinger: Bitcoin está se preparando para a próxima fuga

Dados do Coin360 mostraram que o par BTC/USD sofreu uma queda forte no sábado, perdendo cerca de US$ 70 em questão de minutos e perdendo o terreno conquistado na sexta-feira.

Nas últimas 24 horas, o Bitcoin atingiu máximos locais de US$ 7.290, mas ainda não conseguiu romper sua tendência geral de baixa, que persistiu durante a semana passada.

Bitcoin seven-day price chart

Gráfico de preços de sete dias do Bitcoin. Fonte: Coin360

No entanto, entre analistas técnicos, os sinais de que um movimento decisivo estava no horizonte já estavam surgindo. Um indicador, em particular, as Bollinger Bands, previa que a volatilidade retornaria em breve ao Bitcoin e às altcoins.

“A maioria das criptomoedas já está ou no nível de aperto da Bollinger Band, ou perto a ele. Hora de prestar atenção”, tuitou o inventor da métrica, John Bollinger no dia.

As Bollinger Bands são um modelo de previsão de preço-desempenho que gira em torno da média móvel simples (SMA) de 20 dias de um ativo. A SMA tem uma marca - ou banda - superior e uma inferior ao redor delas, que os analistas se baseiam usando o desvio padrão.

À medida que a volatilidade aumenta, as bandas se separam. Em tempos de baixa volatilidade, as bandas se contraem, ou "se espremem". Nos mercados de Bitcoin, resolver a "pressão" implícita no preço tende a ocorrer por uma quebra de preço.

"A resolução eventual de todos os movimentos desse calibre resultou em um aumento inicial de 20% nos preços", acrescentou o comentarista Josh Olszewicz em comentários separados sobre a posição da Bollinger Band do Bitcoin.

Olszewicz observou que o Bitcoin estava atualmente em uma espremida que ocorreu apenas algumas vezes em 2019; cada uma delas resolvida com uma fuga para cima ou para baixo.

Se o par BTC/USD não conseguir quebrar para dentro da faixa de US$ 7.300 primeiro, no entanto, desta vez, a direção provavelmente será para baixo.

Como o Cointelegraph relatou, outros compartilharam o sentimento de que as condições provavelmente não permanecerão previsíveis para o Bitcoin por muito tempo. Em uma análise recente, o colaborador regular Michaël van de Poppe descreveu o mercado como "enteidante e frágil".

Enquanto isso, para filbfilb, os indicadores sugeriram que o fim de semana poderia produzir um alta de preço para 7.400 dólares.

Hack do VeChain contrasta com mercado de altcoin constante

De acordo com as palavras de Bollinger, as altcoins imitaram a baixa volatilidade do Bitcoin no início do fim de semana, sendo negociadas nos mesmos níveis do dia.

O Ether (ETH), a maior altcoin por valor de mercado, mal se moveu e caia apenas 0,1% no momento desta publicação, sendo negociado a US$ 144,50.

Ether seven-day price chart

Gráfico de preços de sete dias do Ether. Fonte: Coin360

A única exceção entre as vinte principais criptomoedas foi o VeChain (VET), que caiu 8% após os investidores entraram em pânico devido a um hack de uma carteira que perdeu fundos no valor de US$ 6,7 milhões.

O valor total do mercado de criptomoedas era de US$ 196,4 bilhões no momento desta publicação, com a participação do Bitcoin em 66,6%.

acompanhe os principais mercados de cripto em tempo real aqui