Preço do Bitcoin perde suporte de US$ 10,5 mil enquanto tensões comerciais entre EUA e China arrefecem

O preço do Bitcoin (BTC) sentia a pressão em 14 de agosto, após uma nova desaceleração levar a maior criptomoeda para baixo de US$ 10.500.

Market visualization

Visualização de mercado. Fonte: Coin360

Tensões na guerra comercial dá um refresco e faz os mercados subirem e o preço do Bitcoin cair

Os dados da Coin360 mostraram uma imagem sombria para os investidores na quarta-feira, com perdas diárias de 7,2% no par BTC/USD.

Bitcoin 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Bitcoin. Fonte: Coin360

No mais recente desdobramento do que se tornou um padrão reconhecido nos últimos meses, o Bitcoin reverteu seus sucessos anteriores do fim de semana, quando a incerteza geopolítica e a fraqueza da moeda fiduciária em várias jurisdições pressionaram os mercados para mais de US $ 12.000.

Em particular, Hong Kong e Argentina alimentavam essa teoria, que os críticos do Bitcoin, como Peter Schiff, aproveitaram a oportunidade para atacar quando os mercados caem.

“Agora que a tensão comercial com a China diminuiu, a pressão sobre o yuan está baixa. Aqueles que compraram o Bitcoin para especular sobre a compra de portos seguros na China, o que nunca aconteceu, estão tirando suas fichas da mesa”, "tuitou" ele na terça-feira.

As tensões entre os Estados Unidos e a China diminuíram ligeiramente, com Washington adiando a introdução de algumas novas tarifas comerciais, que impulsionaram os mercados globais.

Divisão de 50/50 no preço de curto prazo do Bitcoin

Enquanto isso, o sentimento entre os defensores do Bitcoin nas redes sociais continua mais aberto à interpretação. Uma pesquisa levada a cabo pelo trader e analista regular Josh Rager entregou uma rara divisão em relação ao futuro preço do Bitcoin.

Perguntado se o par BTC/USD cairia abaixo de US$ 10.000 no curto prazo, exatamente 50% dos mais de 3.500 entrevistados votaram sim e os outros 50% votaram não.

O Bitcoin bateu nos quatro dígitos em várias ocasiões nas últimas semanas.

Altcoins quebram a tradição para se estabilizarem contra o Bitcoin

A ação no preço de quarta-feira, entretanto, produziu algumas surpresas para os operadores de altcoins. Normalmente mais erráticas que o Bitcoin, a negociação do dia foi caracterizada pela estabilidade das altcoins em relação ao Bitcoin.

O Ether (ETH), a maior altcoin, perdeu apenas 1,6% em comparação aos 7,2% do Bitcoin e outras moedas importantes, como Litecoin (LTC) e XRP, tiveram desempenho similar.

Ether 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Ether. Fonte: Coin360

Alguns outros, como Bitcoin Cash (BCH) e Bitcoin SV (BSV), chegaram a apresentar ganhos modestos no mesmo período. Uma pequena exceção foi o Binance Coin (BNB), que perdeu 5%.

A participação do Bitcoin no mercado total de criptomeoda recuou ligeiramente e circula em 67,5%, abaixo dos 68% do dia anterior.

acompanhe os mercados das maiores criptos em tempo real aqui