Diário de preços de Bitcoin: como tudo deu 100% certo com minha aposta de ir long em $7.3K

A sexta edição do meu diário comercial apresenta um dos meus melhores negócios de negociação de Bitcoin (BTC) de todos os tempos, pegando grande parte do movimento de 40% que pegou muitos traders desprevenidos.

Era uma negociação simples para mim, preenchendo lances em uma área que eu esperava estar perto do fundo potencial. Todo o trade está imortalizado em um tópico no Twitter. Depois de encerrar esse trade, abri um novo no retraçado, que ainda está ativo.

BTC/USD

Configurando o trade

Entradas: US $ 7.390, US $ 7.450 (US$ 7.420 de entrada média)

Metas: US$ 7.712, US$ 8.535, US$ 10.000

Stop loss: defino a stop loss em US$ 7.240, abaixo dos 61,8% de fib e do recente balanço baixo. Isso resultaria em uma perda de 2,4% na posição e uma perda de carteira de 1%.

Risco / recompensa: Meta 1 = 1,62, Meta 2 = 6,19 Meta 3 = 14,33

Parte 1: Pegar o maior movimento ascendente do Bitcoin desde 2011

Conforme discutido na edição anterior, após uma quebra significativa da bandeira do urso em 23 de outubro, o preço do Bitcoin se aproximou de uma ordem de compra que eu havia estabelecido em junho de 2019. Não havia motivo racional para eu remover essa ordem, pois isso faria com que ser uma decisão emocional baseada na queda recente. Enchi meus lances em US$ 7.390 na zona destacada abaixo.

Isso também representou uma recuperação quase perfeita de 61,8% de todo o movimento, da parte inferior de US $ 3.100 para a parte superior de US $ 13.800, considerada por muitos como uma entrada ideal.

XBT USD daily chart

Gráfico diário XBT-USD. Fonte: TradingView

Além disso, o Bitcoin exibia uma divergência de alta em cada período de tempo, variando de 4 horas a 3 dias. Essas divergências finalmente foram confirmadas em todos os períodos de tempo, mostradas abaixo no gráfico diário.

BTC USD daily chart

Gráfico diário BTC-USD. Fonte: TradingView

Dobrei essa posição em 24 de outubro, depois que o preço mostrou um claro padrão de falha de oscilação (SFP), subindo abaixo de uma oscilação chave baixa de meses atrás e fechando acima.

Isso é visto como um sinal de que a liquidez foi projetada por uma grande parte, que provavelmente faz o preço subir abaixo de um certo nível para varrer pedidos de stop loss e atender a lances, levando os traders a vender a descoberto. Essa SFP é mostrada abaixo, nos períodos diário e de 4 horas.

BTC USD daily chart

Gráfico diário BTC-USD. Fonte: TradingView

BTC USD 4-hour chart

Gráfico de 4 horas BTC-USD. Fonte: TradingView

Como deu certo

25 e 26 de outubro testemunharam a um dos maiores movimentos diários em 24 horas na história do Bitcoin e o maior desde 2011 - ele bombou 40%.

Todos os meus três alvos, que são ilustrados abaixo, foram atingidos. O primeiro objetivo estava logo abaixo da parte inferior do intervalo de negociação anterior, um provável ponto de resistência. Considerando a movimentação de 40%, esse era um local muito cedo para começar a obter lucro, mas eu me sentia confortável em ter ganhos em uma área em que o preço provavelmente pararia, isso se ele não revertesse. Eu vendi ⅓ da minha posição aqui.

BTC USD 4-hour chart

Gráfico de 4 horas BTC-USD. Fonte: TradingView

O preço do BTC passou rapidamente pela primeira meta e, em questão de horas, alcançou o topo da faixa, preenchendo minha segunda rodada de pedidos em US$ 8.500. Isso representou outro ⅓ da minha posição de fechamento.

BTC price

Nesse ponto, eu não tinha um conjunto exato de lucro, pois queria observar a ação do preço para um bom local para fechar o terço restante da posição. O preço acabou subindo rapidamente para US$ 10.000, então mudei uma stop loss para um pouco abaixo nível psicológico. Como onde eu morava já era noite, fui dormir e acordei "parado" com pouco menos de US$ 10.000.

Esse trade (ao lado de um movimento massivo sobre a Tesla) representou um ganho grande o suficiente para cumprir minha cota de lucro para o resto de 2019. Como sempre digo, quanto menos negocio, mais ganho.

Parte 2: Configurando meu novo trade de Bitcoin

Entrada: US$ 8.995

Metas: US$ 9.600, US$ 9.809, US$ 10.379,15, US$ 10.943, US$ 12.700… e um pouco além!

Stop loss: US$ 8.775

Ideia de entrada

Conforme registrado no trade anterior, o Bitcoin fez um movimento massivo e começou a refazer. Para mim, a alta de 40% do Bitcoin foi um sinal de que a desvantagem provavelmente acabou definitivamente e que era hora de continuar indo em posições long de entrada.

Em qualquer movimento impulsivo, é comum ver um retrocesso de 50%, uma reação brusca de venda a uma mudança maciça nas condições do mercado. Por esse motivo, eu estava de olho no retorno de 50% de uma entrada.

BTC USD 4-hour chart

Gráfico de 4 horas BTC-USD. Fonte: TradingView

O preço caiu para o nível de 50%, preenchendo meus lances para uma nova posição do Bitcoin. O gráfico abaixo mostra as novas áreas de interesse que destaquei para uma nova negociação, incluindo a alta máxima (US$ 8.995) no gráfico de 4 horas, imediatamente após a queda do final de setembro. Foi por isso que escolhi definir meus lances nessa linha.

BTC USD 4-hour chart

Gráfico de 4 horas BTC-USD. Fonte: TradingView

As linhas traçadas no gráfico acima representam possíveis alvos de curto prazo, bem como a área abaixo a ser usada para stop loss (com um pouco de espaço embaixo para um pavio). Continuarei atualizando esse trade à medida que ele se desenrola.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente as de (@scottmelker) e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph. Todo movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve realizar sua própria pesquisa antes de tomar uma decisão.