Preço do Bitcoin mantém US$ 8.700 depois de registrar maiores ganhos para janeiro desde 2012

O Bitcoin (BTC) arrefeceu seu crescimento galopente depois de uma semana de ganhos em 15 de janeiro, parando logo abaixo de sua melhor marca rm dois meses.

Cryptocurrency market daily overview

Visão geral diária do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

BTC fixa alta de 12%

Dados do Coin360 e do Cointelegraph Markets mostram o par BTC/USD atingindo sua máxima de US$ 8.885 na terça-feira, depois de pequena correção para US$ 8.700.

Bitcoin 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Bitcoin. Fonte: Coin360

O reposicionamento limita alguns dias frenéticos para a maior criptomoeda, que manteve os ganhos semanais de mais de 12% em apenas cinco dias. 

Até agora, janeiro de 2020 já representa o início de ano mais bem-sucedido do Bitcoin para desde 2012 - em 1º de janeiro, o BTC / USD era negociado a US$ 7.150, ou 25% abaixo do pico de terça-feira.

Agora, os traders parecem estar fazendo um balanço para respirar, consolidando o crescimento do Bitcoin, de acordo com as previsões anteriores.

Para colaborador regular do Cointelegraph filbfilb, o intervalo atual era adequado para o preço "esfriar", próximo à média móvel de 200 dias (MA) do Bitcoin.

"Faria sentido, foi um passeio e quase na 200MA", disse ele aos assinantes de seu canal Telegram.

Anteriormente, o também trader Tone Vays havia destacado a 200MA como uma causa provável da alta do Bitcoin cessando no curto prazo.

Na sequência de um aumento nos contratos futuros de Bitcoin e opções associadas, como o Cointelegraph noticiou nesta semana, os volumes totais de negociação de Bitcoin também aumentaram, atingindo sua máxima diária desde o final de outubro.

Em uma atualização para sua previsão de preços de Bitcoin em doze meses, filbfilb confirmou sua teoria de que o par BTC / USD estava chegando ao final de uma fase de acumulação, com maior probabilidade de caracterização nos próximos meses.

Como observou o Cointelegraph, outros traders permanecem cautelosos, com o analista Keith Wareing não descartando a possibilidade de uma nova baixa anual antes da recompensa de bloco do Bitcoin cair pela metade em maio.

Controvérsia aumenta com alta do Bitcoin SV

As altcoins continuou exibindo um comportamento marcadamente irregular em comparação com o Bitcoin na quarta-feira, com as hard forks Bitcoin SV (BSV) e Bitcoin Cash (BCH) se destacando de outros tokens importantes.

O primeiro até assumiu o quarto lugar no ranking de capitalização de mercado das criptomoedas do último na terça-feira. Com base em 81% de ganhos nas últimas 24 horas, várias teorias continuaram circulando nas mídias sociais com a ascensão do BSV e sua dependência dos defensores Craig Wright e Calvin Ayre.

O BCH também obteve ganhos, um aumento de 17% no mesmo período, enquanto a maioria das principais altcoins registrou um crescimento entre 8% e 13% no dia.

O Ether (ETH), a maior altcoin, subiu 8,7% e chegou a US$ 163, maior valor desde novembro.

Ether 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Ether. Fonte: Coin360

O valor total do mercado de criptomoedas é de US$ 238,9 bilhões, dos quais a participação do Bitcoin foi de 66,1%.

acompanhe os principais mercados cripto em tempo real aqui