Empresa de mineração Bitcoin,Coinmint confirma planos para um projeto de $700 milhões no norte do estado de Nova York

O serviço de mineração em nuvem Coinmint confirmou que iria avançar com a abertura de uma fábrica de mineração Bitcoin em uma chaminé abandonada em Upstate New York, a CNBC reportou dia 5 de junho.

O movimento, que as autoridades fizeram em em janeiro, verá a empresa investir "até US $ 700 milhões" no projeto, que reaproveitará a antiga planta de fundição de alumínio de 1300 acres da Alcoa até o final de 2019.

As operações continuarão sob a recém-formada subsidiária North Country Data Center Corporation, que começou a trabalhar nesta semana, confirmou umcomunicado de imprensa.

"Enquanto existir a rede bitcoin, esperamos que a mineração seja lucrativa", disse Prieur Leary, CEO da Coinmint, citado pela CNBC, acrescentando que o lançamento da subsidiária "é um marco importante para o site de Massena atingir sua plena capacidade."

Este ano, viu vários esquemas para alavancar a infraestrutura anterior em área com eletricidade barata para fins de mineração Bitcoin.

Nem todos atingiram os governos locais, com planos na vizinha Québec se deparando com fortes críticas sobre o impacto nas economias locais.

"Se você quiser se instalar aqui, conecte seus servidores e faça mineração de Bitcoin, não estamos realmente interessados", disse o primeiro-ministro da região, Philippe Couillard, em março.

Para os políticos em Massena, a cidade mais próxima da fábrica da Alcoa, o projeto representa, inversamente, um benefício para a força de trabalho local, pois promete criar 150 empregos extras.

“O pensamento de 150 empregos e revitalização da Alcoa East Facility é estimulante e para o qual estamos trabalhando”, disse o supervisor da Massena Town, Steve O'Shaughnessy, como parte do comunicado à imprensa.

"Estamos prontos para prestar toda a assistência possível para levar este projeto ao seu potencial máximo".