'Bitcoin não é a criptomoeda mais usada', diz relatório da Bloomberg sobre os ativos digitais

Um novo relatório da agência de notícias Bloomberg revelou que a stablecoin atrelada ao dólar americano Tether é a criptomoeda mais utilizada no mundo.

O Tether é administrado pela Tether Limited e geralmente é utilizado por traders como alternativa para não converter suas criptomoedas em moedas fiduciárias tradicionais durante as negociações.

Embora seja difícil estabelecer números precisos sobre o volume de suas transações, os dados do CoinMarketCap mostram que o token com o maior volume de negócios diário e mensal é o Tether. 

O Bitcoin (BTC), criptomoeda mais negociada do mercado até este ano, viu seu volume superado pelo Tether pela primeira vez em abril. A stablecoins superou o volume de negociação do Bitcoin em agosto e tem apresentado uma média de US$ 21 bilhões por dia. 

Apesar de superar o Bitcoin em volume de negociação, o Tether possui capitalização de mercado trinta vezes menor.

O projeto Tether vem enfrentando dificuldades depois que sofreu acusações de não possuir a quantidade de dólares que afirma ter. Thaddeus Dyrja, cientista pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, diz que muitas pessoas ainda não compreendem o Tether.

Segundo ele, a criptomoeda é apenas um substituto para instituições financeiras tradicionais e exchanges de criptomoedas que não podem manter dólares em nome de seus clientes.

Lex Sokolin, co-diretor global de tecnologia financeira da ConsenSys, comentou:

"Se não houver Tether, perderemos uma quantidade enorme de volume diário - cerca de US$ 1 bilhão ou mais, dependendo da fonte de dados. Alguns dos possíveis padrões potenciais de negociação no mercado podem começar a cair."

Para completar a polêmica, em maio deste ano o pesquisador de dados, Larry Cermak, tuitou que a Tether admitiu usar parte de suas reservas para comprar Bitcoin, causando mais polêmica na comunidade.

Apesar de todas as polêmicas enfrentadas pelo projeto, o Tether vê seu volume de negócios aumentar nos últimos meses. Como o Cointelegraph mostrou em agosto, a criptomoeda superou pela primeira vez o volume de negociação diário do Bitcoin.