Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Ripple, IOTA, Litecoin, Dash e Monero: Análise de preço, 28 de dezembro

Ainda antes do final do ano, o Bitcoin provavelmente testemunhará outro hard fork e os investidores fazem fila para receber suas moedas grátis. Logo antes do último hard fork, presenciamos uma retomada do Bitcoin, já que todo mundo queria das moedas grátis que vêm junto com o fork. Porém, desta vez, não parece que que teremos um frenesi parecido.

Essa mudança de comportamento seria um sinal da possibilidade de uma futura queda? Tentaremos prever isso usando nossa análise de gráficos.

O governo sul-coreano propôs regulamentações e restrições à negociação de criptomoedas e isso quebrou um pouco da loucura. No final das contas, a nação, relativamente pequena geograficamente, é responsável por uma fatia considerável de volume de negociação, cerca de um quinto segundo algumas medições, de Bitcoin.

Nick Colas, um dos primeiros analistas de Wall Street a cobrir o Bitcoin, acredita que 2018 terá um aumento na volatilidade com quedas de cerca de 40%. Se isso acontecer, o "timing" dos mercados torna-se muito mais importante. Uma estratégia de comprar e segurar, como foi a tônica de 2017, pode não ser a melhor maneira de lidar com o Bitcoin.

Vamos tentar identificar esses pontos de virada para nossos negociantes para que eles não amarguem grandes perdas.

BTC/USD

Em nossa análise anterior, mencionamos que a retração do Bitcoin enfrentará um obstáculo forte entre US $ 15 118,45 e US $ 16 160,02. Ontem o Bitcoin recuou depois de atingir US $ 16 494,53.

A criptomoeda tem um forte suporte na linha de tendência. Temos a expectativa que os touros tentem uma recuperação a partir daqui. Se eles conseguirem sair dos níveis de US $ 16 494,53, devemos testemunhar um novo teste dos picos.

Por outro lado, se o par BTC/USD quebrar a linha de tendência, ele pode cair para US $ 12 788,14, o que é uma zona de suporte crítica.

Embora não perfeitamente, a moeda digital está formando um padrão de baixa, que culminará em uma quebra e fechará abaixo da "linha do pescoço" (em cor laranja no gráfico). No entanto, esperamos um forte apoio de compra para emergir entre US $ 10 704,99 e US $ 12 788,14.

Com tais sinais conflitantes, não temos certeza sobre a próxima direção possível que tomará o Bitcoin. Devemos assistir a ação do lado de fora até que a imagem fique mais clara.

ETH/USD

O Ethereum está enfrentando uma venda na zona de US $ 728,92 a US $ 787,89, o que corresponde a 61,8% e 78,6% das retrações da queda recente de US $ 863 para US $ 512.

A moeda digital deve cair agora para a EMA de 20 dias, o que deve demonstrar um forte suporte.

Todavia, se o sentimento negativo prevalecer e a criptomoeda romper abaixo da EMA de 20 dias, seu próximo suporte é de US $ 600.

Vamos tentar uma compra no par ETH/USD somente quando ele explodir e fechar acima da linha de baixa (a linha laranja no gráfico).

BCH/USD

O Bitcoin Cash está voltando a seu declínio depois de falhar em romper e se manter acima do nível de retração Fibonacci de 50% da queda, de US $ 4 139,0893 para US $ 1 733,3558.

A criptomoeda tem um forte suporte nos níveis de US $ 2 300. No entanto, se os ursos são capazes de empurrar abaixo desse nível, é provável que haja uma queda para o SMA de 50 dias.

Por outro lado, se os touros segurarem os níveis de US $ 2 300, o par BCH/USD permanecerá limitado por alguns dias entre US $ 2 300 e US $ 3 200. Devemos aguardar a formação de uma tendência clara antes de recomendar qualquer negócio no BCH.

XRP/USD

Em nossa análise anterior, previmos a volta da tendência de alta do Ripple. Como esperado, a criptomoeda cravou um novo recorde histórico ontem e segue em seu caminho para o alto novamente.

Se os touros conseguirem se manter acima dos níveis de US $ 1,24950, o par XRP/USD deve seguir o rali em direção ao objetivo de US $ 1,50.

Nossa visão de alta será invalidada se a moeda digital ficar abaixo do suporte da linha de tendência. Como o sentimento na maioria das outras criptomoedas é negativo, os comerciantes que são longos no Ripple devem negociar com uma stop loss apropriada.

IOTA/USD

Antecipamos o movimento para cima da IOTA que a leva apra extremidade superior do intervalo. No entanto, a tentativa de iniciar um rali ontem enfrentou uma forte pressão de venda acima da marca de US $ 3,75. Hoje a moeda digital está outra vez de volta aos níveis de suporte de US $ 3,03200.

Como os touros não conseguiram empurrar a criptomoeda para cima, os ursos agora tentam quebrar o intervalo.

Se o par IOTA/USD se romper e fechar abaixo do alcance, sua tendência de alta estará em perigo. A zona de suporte final está entre os SMA de 50 dias e o nível de retração Fibonacci de 61,8% de US $ 2,62196. Abaixo disso, a IOTA pode afundar para níveis de US $ 1,81512.

Por outro lado, se os ursos não conseguirem se manter abaixo do suporte do intervalo, a criptomoeda permanecerá variando entre US $ 3,36990 e US $ 5,59.

LTC/USD

O retrocesso no Litecoin enfrentou pressão de venda no nível de retração Fibonacci de 50% de US $ 272,6. Tentativas de sair desta resistência falharam em 26 e 27 de dezembro. A criptomoeda se retraiu para o suporte crítico de US $ 240,001 novamente.

O par LTC/USD também formou um padrão com viés de baixa com a "linha do pescoço" em US $ 240. Se esse nível for rompido, o par tem um alvo de padrão em cerca de US $ 110. No entanto, não vemos um caminho direto para o objetivo. Os touros tentarão manter os apoios em US $ 220 e US $ 175,199. É difícil prever se os apoios vão aguentar a pressão.

Nossa visão de baixa se tornará invalida uma vez que a moeda digital seja negociada acima dos níveis de retração Fibonacci de 61,8% de US $ 295,586.

DASH/USD

Ontem o Dash tentou romper a resistência do teto de US $ 1 200, mas falhou. A mini correção não conseguiu alcançar os níveis de retração de Fibonacci de 50% de US $ 1 250. Isso mostra fraqueza

Hoje a moeda retomou seu declínio. Ela está no momento se garantindo no EMA de 20 dias. Se o suporte falhar, uma queda para a linha de tendência é provável. Esperamos que a linha de tendência ofereça um apoio forte.

No entanto, até que vejamos o par DASH/USD formando um piso, devemos permanecer aguardando ao lado.

XMR/USD

O Monero reagiu bruscamente de um mínimo de US $ 83,02 em 03 de novembro para um pico de US $ 469,5 em 05 de dezembro. Isso significa um enorme aumento de 465% em cerca de um mês e meio.

A correção em 21 e 22 de dezembro derrubou a criptomoeda para um mínimo de US $ 245,1, logo acima dos níveis de retração de Fibonacci de 61,8%. No entanto, os níveis mais baixos tiveram uma compra forte, o que ajudou o par XMR/USD a se recuperar e ir no rali para US $ 410 em 23 de dezembro.

Entretanto, os ursos estão vendendo em níveis mais altos e os touros estão comprando em níveis mais baixos. Isso provavelmente levará a uma ação de negociação limitada até que uma das partes caia exausta.

Os níveis críticos a se observar na queda são US $ 320 e US $ 300 e no lado positivo, US $ 410. O Monero se tornará mais pessimista se derrubar os suportes e virará otimista se sair da resistência do teto.

 

Siga-nos no Facebook