ETF de Bitcoin procuram aprovação após o lançamento dos futuros

Duas empresas requisitaram recentemente à Comissão de Títulos e Câmbio (SEC) dos EUA aprovação de seus novos Fundos Negociados em Bolsa Bitcoin (ETFs).

De acordo com o sistema de requerimento em tempo real EDGAR, a SEC recebeu novos requerimentos para o REX Bitcoin Strategy ETF e o REX Short Bitcoin Strategy ETF em 8 de dezembro e VanEck Vectors Bitcoin Strategy ETF na segunda-feira.

Nenhuma das empresas que operam esses fundos deteria o Bitcoin diretamente - os ETFs serão baseados em contratos de futuros e outros derivados vinculados com Bitcoin. Se qualquer uma das aplicações obtiver aprovação, ela se tornaria o primeiro ETF Bitcoin operacional no mundo.

Por que os ETF Bitcoins são importantes

Um ETF é um fundo de investimento que rastreia um índice subjacente, um ativo ou uma cesta de ativos, e ele próprio negocia como uma ação comum. Um ETF para Bitcoin proporcionaria oportunidades de investimento e comerciais para os jogadores que não querem lidar com a compra e armazenamento de criptomoeda diretamente.

Para investidores mais tradicionais e cautelosos, um ETF Bitcoin seria uma solução ideal, já que a entidade que oferece o ETF e não o investidor ETF é responsável pela propriedade e segurança da criptomoeda subjacente.

A paisagem ETF Bitcoin

Nos últimos meses, a SEC recebeu vários requerimentos de ETF Bitcoin, mas até agora a comissão ainda não aprovou nenhum deles. Uma das principais razões para isso é a natureza não regulamentada da criptomoeda. Esse foi exatamente o caso quando, no começo deste ano, a SEC rejeitou o requerimento da Bitcoin ETF COIN, dos gêmeos Winklevoss.

Note-se também que a VanEck já tentou pedir um ETF em setembro. A Comissão rejeitou esse pedido, explicando que a VanEck estava planejando basear seu fundo em futuros de Bitcoin, que na verdade não estavam disponíveis naquele momento.

Até agora, no entanto, os futuros baseados em Bitcoin estão muito disponíveis - a CBoE lançou sua negociação de futuros da Bitcoin em 10 de dezembro e a CME planeja fazer o mesmo em 18 de dezembro. Muitos analistas financeiros entendem que a introdução do mercado de futuros poderia significa a luz verde para os novos ETF Bitcoin.

Dave Chapman, diretor-gerente da Octagon Strategy, disse em entrevista à CNBC:

"Como resultado da SEC aprovar os futuros na CBoE e na CME, e na NASDAQ no próximo ano, irei feliz no registro ao apostar que veremos um ETF para o Bitcoin aprovado em 2018. Isso é algo certo".


Siga-nos no Facebook