Desenvolvedor do Bitcoin Greg Maxwell: Eu pagaria para provar a "fraude" de Craig Wright

O desenvolvedor do Bitcoin Core, Greg Maxwell, ofereceu voar para a Austrália para provar que o autoproclamado "criador" do Bitcoin, Craig Wright, é uma "fraude".

No último episódio da disputa em curso no Reddit em torno das reivindicações feitas por Wright há mais de um ano, Maxwell, que muitas vezes se envolveu com o empresário, tentou envolver o Australian Tax Office (ATO).

"Se alguém da ATO estiver lendo isso: eu estaria disposto a viajar para a AU com meu próprio dinheiro e oferecer testemunho especial contra esta fraude", escreveu ele na terça-feira.

"Suas afirmações de ser o criador do Bitcoin são total e obviamente fabricadas, e eu posso sugerir dezenas de especialistas em assuntos mais importantes no mundo, que felizmente testemunharão o mesmo efeito".

Wright continua a ser uma força ativa e controversa no Bitcoin.

Na semana passada, ele concordou com uma afirmação do Asani Sarkar, do Federal Reserve de Nova Iorque, de que "não havia realmente uma boa razão para manter Bitcoin por si só".

No início deste ano, enquanto isso, o arquiteto nChain causou uma agitação em uma conferência, quando um discurso sobre Bitcoin se tornou um aparentemente um ataque pessoal tanto aos desenvolvedores quanto aos usuários do Core.

Asserções repetidas que supostos endereços pessoais de Bitcoin de Wright pertenciam, de fato, à extinta casa de câmbio Mt. Gox. Maxwell se recusou a se curvar a Wright, cada vez mais agistado.

Dirigindo-se novamente à ATO, ele continuou:

"Estou bastante confiante que vocês descobrirão os endereços de Bitcoin de alto valor que Wright estava reivindicando eram seus bens - ativos subjacentes a empréstimos e transferências - seus registros e testemunhos anteriores, são de fato os da casa de câmbio Bitcoin MTGOX e nunca foram propriedade sua de todo".