Bitcoin poderia tornar-se uma "ameaça" para dólar americano no futuro, suponha o chefe do Banco de Reserva Federal de St. Louis

Um dos principais decisores políticos dos EUA compartilhou observações sobre o Bitcoin, que são principalmente positivas, também não o descartou como uma potencial "ameaça" ao dólar americano, em uma entrevista com a CNBC na segunda-feira, 14 de maio.

Falando com a CNBC nos bastidores da conferência Consensus 2018 em Nova Iorque na segunda-feira, o presidente do Banco de Reserva Federal de St. Louis, James Bullard, também notou os aspectos positivos da criptomoeda, em particular, a questão da redução de custos no comércio. Ele afirmou que a criptomoeda está “facilitando o comércio que não ocorreria caso contrário. Parte disso é ilegal, mas parte evita custos que, de outra forma, seriam envolvidos”.

Perguntado se o Bitcoin é uma ameaça para o dólar americano, Bullard expressou incerteza sobre a concorrência potencial que a principal criptomoeda poderia representar, dizendo: "Eu não penso assim neste momento [...]. Nós não sabemos como vai ser o futuro”.

"Minha ideia é que há muita concorrência entre as moedas acontecendo agora", disse Bullard em continuação do tópico da supremacia do dólar, acrescentando:

“O dólar tem sido o vencedor historicamente porque é apoiado pela maior economia e uma política relativamente estável em termos de inflação baixa e isso vai ser difícil de superar. Mas muitas pessoas aqui querem que ele seja superado”.

Falando do blockchain, Bullard expressou otimismo de uma maneira muito mais aberta, dizendo:

“Achamos que a tecnologia blockchain é muito interessante [..] nós queremos ser muito engajados e razoáveis enquanto isso está em processo”.

Ele também respondeu a uma questão se o Banco de Reserva Federal estava considerando ou não emitir sua própria criptomoeda, dizendo de forma não comprometida, “podemos certamente ver isso como uma possibilidade. E existem diferentes partes do Banco de Reserva Federal que analisam todos os tipos de aplicações da tecnologia blockchain. Mas eu não diria que há algum plano neste momento.

Esses comentários estão de acordo com a tendência de apoio geral de criptomoedas pelo Banco de Reserva Federal de St. Louis Em janeiro deste ano, o Banco de Reserva publicou um artigo intitulado “Uma breve introdução ao mundo das criptomoedas”, no qual as pesquisas previam que era “provável” que o Bitcoin e os altcoins vão tornar-se “sua própria classe de ativos”.