Reportagem diz que Binance quer abrir uma nova exchange local na Coreia do Sul

A Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo em volume de negociação diário até o momento, está planejando abrir uma filial na Coreia do Sul.

A Binance, que tem sede em Malta, está trabalhando com parceiros locais na Coreia do Sul para lançar uma nova exchange no país, revelou Changpeng Zhao (CZ), CEO da Binance, segundo reportagem do canal de mídia Block In Press, em 16 de julho.

CZ teria dito que a empresa ainda não sabe sobre os detalhes para o estabelecimento do novo escritório na Coreia do Sul.

Porém, um representante global da Binance negou a notícia na reportagem, alegando que a equipe da Binance ainda não decidiu por estabelecer ou não uma subsidiária coreana. Especificamente, o representante não identificado esclareceu que a Binance esteve em negociações com a empresa de fintech BxB, com sede na Coreia do Sul, mas ainda não tomou nenhuma decisão específica.

Outro porta-voz da Binance disse que a questão de lançar uma filial local na Coreia do Sul “não é o caso” até o momento, de acordo com uma reportagem do canal de mídia The Block.

Anteriormente, o CEO da Binance havia sugerido uma potencial expansão para a Coreia do Sul no Blockchain Partners Summit em Seul em julho de 2018. À época, CZ destacou a importância do mercado sul-coreano e disse que a Binance contribuiria para ajudar a crescer sua indústria de criptomoeda.

Recentemente, a grande exchange global Huobi anunciou oficialmente planos para expandir as operações para a Turquia, onde 20% dos residentes são detentores de alguma forma de criptomoeda.