Binance renomeia seu mercado de USDT para o mercado de Stablecoin combinado

A grande casa de câmbio de criptomoeda Binance renomeou seu mercado Tether (USDT) para ser um mercado Stablecoin combinado (USDⓈ), de acordo com um anúncio publicado em 26 de novembro. Isso permitirá que a casa de câmbio ofereça suporte a mais pares de stablecoins.

A casa de câmbio também observa que o USDⓈ não é uma nova stablecoin, mas o símbolo do novo mercado de stablecoin da Binance. A Binance fará um anúncio separado sobre quais pares exatos serão movidos ou adicionados a esse mercado.

A medida segue o anúncio de 15 de novembro de que Binance iria começar a listar a stablecoin do sistema de pagamento blockchain da Circle vinculado ao dólar dos EUA USDC. Antes disso, Binance adicionou suporte para o ativo indexado em USD da PAXOS, denominado PAX e TrueUSD (TUSD).

O token USDC foi lançado em colaboração com as casas de câmbio de criptomoeda dos EUA Coinbase e Circle, em outubro. A moeda é supostamente 100% garantida com dólares americanos, que são mantidos em contas que estão sujeitas a relatórios públicos de reservas. O presidente e COO da Coinbase, Asiff Hirji, disse que a empresa emitiu “stablecoins respaldados 1 por 1 com o dólar dos EUA, completamente auditado, completamente transparente”.

Também naquele mês, o Tether (USDT) se viu na origem da controvérsia depois que a volatilidade fez com que perdesse sua atratividade de longo prazo para o dólar americano e caísse para um valor tão baixo quanto US $ 0,91. Os problemas surgiram em meio a rumores de que a Bitfinex, cujo presidente também é CEO da Tether, estava enfrentando insolvência.

No momento do texto, o USDT é a oitava moeda digital por capitalização de mercado, sendo negociada em torno de US $ 0,968 e tendo perdido 0,07% no dia, de acordo com a CoinMarketCap. O USDC, por sua vez, subiu 0,53 por cento nas últimas 24 horas e foi negociado em torno de US $ 1,03.