Futuros da Binance 'desrespeita' tendências e bate recorde ao negociar US$ 700 milhões

O produto futuro de Bitcoin da Binance é o único vencedor em um mercado sem brilho nesta semana, com o volume de negociações atingindo mínimos locais.

Pesquisa destaca atividade "muito baixa"

A análise dos volumes de negociação de várias plataformas por Mati Greenspan, estrategista sênior de mercado da eToro, em 15 de outubro, revelou que os mercados de criptomoedas estavam praticamente no fundo do poço em termos de atividade.

De um pico de cerca de US$ 4 bilhões por dia há vários meses, o Bitcoin (BTC) agora tem menos de US$ 200 milhões em troca de mãos, disse ele referenciando dados do centro de pesquisas Messari. 

Outros players contaram uma história semelhante, incluindo a gigante de derivativos BitMEX e a exchange P2P Localbitcoins.

Os fornecedores de futuros também não escaparam: o CME Group e a recém-lançada Bakkt continuam sofrendo o que Greenspan descreve como atividade "muito baixa".

Binance estabelece recorde improvável de US$ 700 milhões

A tendência de baixa segue novas perdas nos criptoativos nas últimas semanas. Como o Cointelegraph informou, o Bitcoin permanece em torno de 20% em relação aos níveis de várias semanas atrás.

Binance Bitcoin futures trading volume

Volume de negociação de futuros de Binance Bitcoin. Fonte: Skew Markets, Twitter

Apesar das condições difíceis, nem todas as empresas parecem igualmente afetadas. Como observou a analista Skew Markets no Twitter, o produto futuro da Binance estabeleceu um novo recorde diário de volume de negociação na terça-feira.

Mais de US$ 700 milhões em atividades ocorreram em seu produto futuro BTC/USD, tornando-o o terceiro mais negociado atrás das ofertas de Huobi e BitMEX. Em comparação, a Bakkt gerenciava 10 BTC (US$ 81.000).

A Skew observou anteriormente que o último sábado, foi um dia particularmente lento para a BitMEX - seus volumes caíram para US$ 1 bilhão, contra US$ 14 bilhões no final de junho.