Binance e Crypto Savannah fazem parceria para reforçar a economia ugandense

A casa de câmbio de cripto global Binance firmou recentemente uma parceria com a organização Blockchain de Uganda Crypto Savannah para apoiar o desenvolvimento econômico do país do leste africano, de acordo com um tuíte do CEO da Binance, Changpeng Zhao, em 22 de abril.

A @binance fará parceria com @cryptosavannah @AggieKonde @HelenHaiyu para apoiar a transformação econômica e o emprego aos juvens de Uganda através do Blockchain, abraçando a 4ª revolução industrial. Faremos isso criando milhares de empregos e trazendo investimentos para Uganda.

Em seu tuíte, Changpeng Zhao observou que a parceria promoverá a “transformação econômica” gerando emprego e atraindo investimentos para Uganda, que é considerado um dos países mais pobres do mundo com um PIB per capita de cerca de US $ 2.000.

De acordo com a CoinMarketCap, a Binance é agora a segunda maior casa de câmbio de criptomoedas do mundo, com um volume médio diário de negociação de US $ 2,19 bilhões. A Binance, com sede em Hong Kong, anunciou planos para abrir um escritório em Malta em março, após uma advertência dos reguladores japoneses.

Conforme relatado pela Finance Magnates, o continente africano é um ponto promissor para as empresas Blockchain no setor financeiro. Uma grande parte da população no continente não tem acesso a bancos, e mais de 30 milhões de africanos trabalham no exterior para enviar dimheiro para casa, então a tecnologia que permite que as pessoas se conectem com um sistema financeiro pode encontrar adoção em massa lá.

A Cointelegraph informou anteriormente que a instituição de caridade GiveDirectly, da África Oriental, recebeu US $ 1 milhão da rede de pagamentos descentralizada OmiseGO e do cofundador do Ethereum (ETH) Vitalik Buterin para apoiar um esquema experimental que oferece subsídios para 12.000 famílias em Uganda.