Os bears estão aproveitando-se da fraqueza do Bitcoin

Uma vez que o Bitcoin levou um tombo das máximas de $20.000, as previsões positivas diminuíram com os bears emergindo de suas cavernas, tornando-se mais vocais do que elas. Em um mercado desse tipo para o Bitcoin, é fácil prever as desacelerações, que estão incentivando muitos anti-Bitcoiners a espalhar a negatividade sobre bolhas e falhas.

Claramente impulsionado por sua última declaração sobre o Bitcoin, Peter Boockvar é uma dessas pessoas. Ele voltou a dizer que a bolha está prestes a aparecer e o Bitcoin vai cair para cerca de $1.000.

O Diretor de Investimento do Bleakley Advisory Group previu uma quebra do Bitcoin alguns dias antes de baixar dos $20.000 e depois desabar para metade disso.

Este veterano de Wall Street novamente destaca a divisão que ainda está fortemente enraizada em Wall Street. Com mais adoção, tem havido um amolecimento nas opiniões, tanto que até mesmo o leal Jamie Dimon mudou seu tom.

No atual mercado de criptomoedas, é fácil fazer previsões horríveis sobre o Bitcoin, que está lutando para recuperar-se de sua queda. Já que houve uma invasão de bears no mercado.

Medo ou manipulação de mercado?

Essas previsões não podem ser interrompidas, nem devem ser, pois fazem parte da liberdade de expressão e a opinião de um especialista no campo - embora, às vezes, o campo de investimento institucionalizado esteja distante dos cripto-mercados.

No entanto, seu poder é semelhante ao poder da previsão positiva e ao hype que vem com elas. Na corrida ao pico do Bitcoin do ano passado, os comentaristas Ronnie Moas, John McAfee, Tom Lee e outros estavam lutando para manter suas previsões com o aumento de preços da moeda digital.

90 porcento abaixo perto do fim do ano

Esses bulls foram silenciados um pouco o que deixou espaço para Boockvar, que disse:

"Eu acho que o Bitcoin vai existir por muito tempo, mas o preço em si, eu não ficaria surpreso se no ano que vem chegasse a $1.000 ou $3.000."

Esta, é claro, que é uma opinião de alguém que foi um anti-Bitcoin desde o início. O que isso implica para a Boockvar é mais como isso pode impactar o mercado de ações, um ambiente em que o veterano de Wall Street é muito mais confortável.

"Do ponto de vista econômico, não é realmente algo relevante em uma economia de U$19 bilhões", disse Boockvar quando perguntado se o colapso do Bitcoin teria implicações de longo alcance.

"Talvez na Coréia do Sul e no Japão - e mesmo nos EUA - onde as pessoas estão assumindo dívidas de cartão de crédito para comprar moedas, sim, elas serão necessariamente impactadas", acrescentou.

Em quem confiar

Embora o sentimento no mercado de criptomoedas seja sempre muito influenciado de um jeito ou de outro, com muito pouco tempo para um meio intermediário estável, torna-se difícil seguir as opiniões. Nestes tempos baixos, é fácil fazer comentários negativos sobre as chances do Bitcoin, e igualmente, é fácil prever a lua com tempo bom.

O co fundador e estrategista da Fundstat, Lee é um dos poucos Bitcoiners que estão falando. Em vez de ver os pontos baixos na trajetória do Bitcoin como pontos de pânico, ele os vê como oportunidades de compra. Lee disse:

"Nós esperamos que a máxima de baixa seja de $9.000, e nós seríamos compradores agressivos em torno desse nível [...] Nós vemos esses $9.000 como a maior oportunidade de compra em 2018."

Ele também acrescentou uma reversão da opinião de Boockvar de que Ethereum e Ethereum Classic veriam um crescimento de 90% no final do ano.