Mercado cripto vê queda do BTC para menos de $6.500 e ETH menos de $500

13 de junho: Todas as dez principais moedas por capitalização de mercado caíram entre 9 e 14% durante um período de 24 horas, como mostram os dados da Coinmarketcap.

Visualização de mercado

Visualização de mercado daCoin360

O Bitcoin (BTC) sofreu um impacto negativo de mais de 11%, negociado em torno de $6.449 até o momento da publicação levando suas perdas mensais para quase 25%.

A criptomoeda líder agora ficou abaixo do que alguns analistas consideram ser um limite médio de lucratividade da mineração BTC de $6.500. Robert Kelly disse à CNBC hoje mais cedo que este número supõe que os mineradores de Bitcoin precisam atualizar seu hardware quase a cada 18 meses, elevando os custos da mineração para algo entre $5.900 e $6.000.

Cálculos de margem de lucro de mineração globalmente indicaram um limiar amplo, variando entre um extremamente barato $531 na Venezuela a um gritante $26.170 na Coréia do Sul. Além dos custos de hardware, o custo local do fornecimento de eletricidade é outro fator importante que afeta os lucros das mineradoras.

Bitcoin price chart

Bitcoin price chart from Cointelegraph’sBitcoin Price Index

No momento desta publicação, os dados da Coinmarketcap indicam volumes de negociação de BTC de 24 horas de $4,8 bilhões, acima de sua baixa intra-semanal de $3,8 bilhões.

A top altcoin Ethereum (ETH) caiu mais de 10% no período de 24 horas, negociado em torno de $475até o momento. A moeda quebrou abaixo de sua recente baixa rodada de $500, perdendo mais de 30% do seu valor no último mês.

Ethereum price chart

Ethereum price chart from Cointelegraph’s Ethereum Price Index

Das dez maiores moedas, o IOTA (MIOTA) sofreu as perdas mais pesadas, caindo mais de 13% no período de 24 horas, sendo negociada em torno de $1,21 até o momento.

A queda significativa vem apesar da demonstração de uma nova Prova de Conceito (PoC) para usar o sistema Tangle da IOTA para os novos sistemas “Connected Car” da Volkswagen na principal tecnologia da Expo Cebit. 18 em Hanover, Alemanha.

De todas as 100 maiores criptomoedas nas listagens da Coinmarketcap, apenas 2 altcoins, Decentraland (MANA) e Emercoin (EMC) - classificaram 94 e 95 respectivamente - estão confortavelmente no verde.

O Tether (USDT) está prestes a conter as perdas para ver uma mudança insignificante no ponto percentual ao longo do período de 24 horas, com uma flutuação negativa de 0,06% no momento da publicação.

Hoje mais cedo, o CEO da Circle, Jeremy Allaire, enfatizou a importância futura de moedas estáveis, como o Tether, para denominar contratos financeiros em uma economia global baseada em tokens. Allaire destacou seu potencial para casos de uso que exigem uma linha de base de preços menos volátil - citando obrigações de dívida como um exemplo - mas ainda pode se beneficiar da descentralização e segurança de uma infraestrutura de blockchain.

A capitalização de mercado total para todas as moedas cripto está em torno de $274 bilhões até o momento, abaixo do valor de aproximadamente de metade de um trilhão no início de maio.

O desempenho sombrio dos mercados no início desta semana atraiu consideravelmente a atenção da grande mídia internacional, incluindo a Bloomberg, Wall Street Journal (WSJ), Reuters, e Guardian, que atribuiu todas as perdas de criptomoeda à notícia do hack da corretora sul-coreana Coinrail no fim de semana.

Embora os fatores de curto prazo que afetam o mercado pessimista permaneçam difíceis de apontar, a notícia de uma invasão de câmbio menor é uma explicação improvável para o FUD significativo - Medo, Incerteza e Dúvida.

Notavelmente, esta semana assistiu-se a uma onda de notícias relacionadas a regulamentação cripto incluindo relatórios que a Commodity Futures Trading Commission (CFTC) dos EUA vem exigindo extensos dados de negociação das principais bolsas do país para investigar se a manipulação de preços pode estar comprometendo os preços nos mercados de futuros bitcoin

O governo canadense também divulgou nesta semana uma minuta oficial de novas regulamentações para as bolsas que buscam resolver um “número de deficiências” delineadas pela Força-Tarefa de Ação Financeira (GAFI). As novas medidas terão como objetivo fortalecer o Combate à Lavagem de Dinheiro do Canadá e o Regime de Financiamento Antiterrorista (AML / ATF).

Ontem, novas notícias do FATF revelara que o vigia internacional começará a desenvolver regras vinculativas para as corretoras em Junho, como um upgrade para as resoluções não vinculativas que foram adoptadas pelo FATF em junho de 2015. O FAFT avaliará as diretrizes existentes sobre as medidas de combate ao branqueamento de capitais e o relato de atividade comercial suspeita.

Ontem, a Cointelegraph Deutsch comunicou novos comentários do Presidente da Autoridade Federal de Supervisão Financeira na Alemanha (BaFin), que declarou que a autoridade regulamentadora:

“(Não) seria capaz de proteger cada investidor de seu destino, e essa não pode ser a tarefa da supervisão do estado. Mais uma vez, o máximo é que devemos agir de forma prudente ou regular, se a estabilidade financeira como um todo estiver ameaçada ou se os consumidores forem sistematicamente prejudicados ".

O que quer que esteja empurrando os mercados para baixo, a comunidade cripto tem ponderado ativamente as respostas da situação: