O aplicativo bancário Revolut torna-se um 'unicórnio' avaliado em US$1,7 bi após a última rodada de financiamento

O aplicativo bancário alternativo Revolut, que é sediado no RU, anunciou nesta quinta-feira, 26 de abril, que arrecadou US$250 milhões em uma rodada de investimentos da Série C, dando a eles uma avaliação geral de US$1,7 bilhão e tornando-os um "unicórnio" - uma startup com mais de US$1 bilhão em avaliação.

Em dezembro do ano passado, o aplicativo Revolut adicionou uma opção para realizar transações cripto, suportando Bitcoin (BTC), Litecoin (LTC) e Ethereum (ETH), além das 25 moedas fiduciárias disponíveis. Seu post hoje escreve que eles também estarão adicionando Ripple (XRP) e Bitcoin Cash (BCH).

A DST Global, empresa de capital de risco sediada em Hong Kong, liderou a rodada de financiamento, junto com os investidores Index Ventures e Ribbit Capital.

A postagem do blog da Revolut também observa que eles adicionarão os novos recursos do "Revolut Platinum", que é um cartão bancário, e "Revolut Wealth", que permitirá que os usuários invistam em ações, índices e fundos negociados em bolsa (ETFs). O Revolut também anunciou que se expandirá para os Estados Unidos, Canadá, Cingapura, Hong Kong, Austrália e Nova Zelândia este ano.

O aplicativo de mensagens instantâneas da comunidade cripto, Telegram, arrecadou recentemente US$1,7 bilhão durante duas ofertas de moedas iniciais (ICO) fechadas separadas realizadas este ano para financiar o desenvolvimento do aplicativo e sua própria plataforma Blockchain.

Na semana passada, o projeto norte-americano Basis arrecadou US$133 milhões em financiamento de grandes investidores VC.