Azerbaijão: Banco Central não planeja emitir sua própria criptomoeda

O Banco Central do Azerbaijão (CBA) não planeja emitir uma criptomoeda apoiada pelo Estado por causa dos "grandes riscos", informou a fonte de notícias em inglês do Azerbaijão AzerNews em 15 de novembro.

Alim Guliyev, o primeiro presidente da CBA, sublinhou que, uma vez que as moedas digitais “vêm com grandes riscos”, a CBA não pretende lançar uma moeda digital emitida pelo banco central (CBDC) tão cedo. Guliyev, que vê esses instrumentos financeiros como "arriscados e perigosos", acrescentou que acredita que a lavagem de dinheiro é o principal objetivo das criptomoedas.

Um grupo de estudo independente israelense criado pelo governador do Banco de Israel chegou a uma conclusão similar enquanto explorava as possibilidades de emitir CBDCs, em geral não recomendando que o banco central do país emitisse sua própria ficha, reportou a Cointelegraph em 7 de novembro.

Neste verão, o Banco da Finlândia divulgou um estudo intitulado "A Grande Ilusão das Criptomoedas", chamando criptomoedas e não moedas reais, mas sim "sistemas contábeis para ativos inexistentes", esceveu a Cointelegraph em 2 de julho.

No início deste outono no Azerbaijão, o presidente do Azerbaijani Internet Forum revelou os planos do governo para implementar a tecnologia blockchaincontratos inteligentes no sistema legal do país e “no campo de serviços públicos (abastecimento de água, gás e eletricidade)”, escreveu a Cointelegraph em 2 de novembro.